GLOBALIZAÇÃO E CAPITALISMO HUMANISTA

Lucinéia Rosa dos Santos, Juliana F. A. Duarte

Resumo


Para melhor compreender o complexo fenômeno da globalização e sua interrelação com os direitos humanos, há no presente artigo breve relato histórico das fases da globalização na história da humanidade desde o início da Idade Moderna, mediante as navegações europeias, com o propósito de comercialização e exploração para com outros territórios. Abordar-se-á a universalização dos direitos humanos e a globalização, que se consolidaram no período após a Primeira e Segunda Guerra Mundial a partir da perspectiva delineada pela corrente doutrinária Capitalismo Humanista, cuja fundamentação tem como ideia central a fraternidade cristã, pautada no jusnaturalismo, objetivando alcançar efetividade da dignidade da pessoa humana.

Palavras-chave


Globalização; Capitalismo Humanista; Direitos Econômicos; Direitos Humanos.

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, Tomás de. Suma Teológica – Quarto Artigo. Tratado sobre a Lei – Questão 91. vol. VII Editora Loyola.

ARRUDA JÚNIOR, Antonio Carlos Matteis. Capitalismo Humanista & Socialismo: o Direito Econômico e o Respeito aos Direitos Humanos. Curitiba: Juruá Editora, 2014.

ÁVILA, Pe. Fernando Bastos de. A Doutrina Social Cristã. 2. ed. São Paulo: Editora Santuário Aparecida, 2002.

BALERA, Wagner. Declaração sobre o direito ao desenvolvimento anotada. Curitiba: Editora Juruá, 2015.

________; SAYEG, Ricardo. O Capitalismo Humanista. Filosofia Humanista de Direito Econômico. Petrópolis/RJ: Editora KRB, 2011.

BAUMAN, Zygmunr. Globalização: as consequências humanas. Tradução: Marcus Penchel. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1999. Disponível em: http://groupsbeta.google.com/group/digitalsource.

BECK, Ulrich. Sociedade de Risco. Rumo a uma outra modernidade. Tradução de Sebastião Nascimento. São Paulo: Editora 34., 2001, p. 205.

BRASIL. Decreto n. 350, de 21 de novembro de 1991 – Promulga o Tratado para a Constituição de um Mercado Comum entre a República Argentina, a República Federativa do

Brasil, a República do Paraguai e a República Oriental do Uruguai (TRATADO MERCOSUL) Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1990-1994/d0350.htm. Acesso em: 18 ago. 2018.

_______. Decreto nº 19.841, de 22 de outubro de 1946. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1930-1949/d19841.htm. Acesso em: 14 maio 2018.

_______. Senado Federal. Declaração sobre o Direito ao Desenvolvimento. In.: Direitos Humanos atos internacionais e normas correlatas. 4. ed.

Dicio. Dicionário On Line de Português. Disponível em: Acesso em: 15 maio 2018.

DUARTE, Juliana; PELLINI Jr. Crise Econômica, Demissões em Massa, Direitos Fundamentais e o Capitalismo Humanista. In Estudos do Capitalismo Humanista. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2017. p. 174.

IANNI, Octavio. A Sociedade Global. 6. ed. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1999.

______, Octavio. Teorias da Globalização. 6. ed. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 2001.

INSTITUTO SAPIENTIA DE FILOSOFIA – SAPIENTIAE DUX EXT. Disponível em: http://w2.vatican.va/content/paul-vi/pt/encyclicals/documents/hf_p-vi_enc_26031967_populorum.html. Acesso em: 16 maio 2018.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Pela Mão de Alice: o Social e o Político na Pós-Modernidade. 14. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2013. p. 291/292.

SANTOS, Boaventura de Sousa; CHAUÍ, Marilena. Direitos Humanos, democracia e desenvolvimento. São Paulo: Cortez Editora, 2013.

TAVARES, André Ramos. Direito Constitucional Econômico. 3. ed. São Paulo: Editora Método.




DOI: https://doi.org/10.23925/2526-6284.2019next1p273-290

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários