Opacificação de lente intra-ocular em pós-operatório tardio de cirurgia de catarata

Humberto Cenci Guimarães, Maria Eduarda Figueiredo Rebolho, Rodolfo Elias Isolani

Resumo


INTRODUÇÃO: A cegueira e a visão subnormal são consideradas graves problemas de saúde pública na atualidade. A deficiência visual decorre de inúmeras causas, sendo uma delas a catarata. Seu tratamento é cirúrgico e visa substituir o cristalino opacificado por uma prótese de lente intra-ocular (LIO), recuperando a transparência e acuidade visual do paciente. No entanto, tem-se aumentado a frequência de intercorrências relacionadas a opacificação tardia da LIO feita com material acrílico hidrofílico pós cirurgias de catarata com pequena incisão ou microincisão. RELATO DE CASO: L.C.P.S, do sexo feminino, com a idade de 73 anos atualmente, foi admitida em 2010 no ambulatório de oftalmologia do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), paciente apresentou uma diminuição da acuidade visual principalmente em olho direito, devido atribuindo a baixa visão a dermatocalaze. Possuía antecedentes na época de Diabetes Mellitus tipo 2 há 15 anos, já em estágio insulino dependente, hipertensão, hipotireoidismo e artrose. Em luz de fenda, presença de opacificação central opacificacao da lente intra ocular avançada em olho direito e pseudofacia sem alterações patológicas em olho esquerdo. DISCUSSÃO: Em nosso caso descrevemos que a lente implantada era da marca Ioflex® e encontramos na literatura um estudo que relatou maior incidência (∼7%) de opacificação da LIO Ioflex® em quatro anos após a cirurgia, também encontramos outro estudo, que relatou uma incidência de 1% de opacificação tardia da LIO com outro desenho de LIO hidrofílico, demonstrando assim uma maior incidência de opacificação tardia nas lentes do tipo Ioflex®. A calcificação de lentes acrílicas hidrofílicas é um problema multifatorial, e pode estar relacionado a fatores diversos como: à fabricação da LIO, embalagem da LIO, técnicas cirúrgicas, adjuvantes, bem como condições metabólicas do paciente, entre outros, podem estar implicados. CONCLUSÃO: O relato apresentado demonstra uma condição que é relativamente rara, porém com grave consequência à qualidade de vida de seu portador. Devido a isto, deve-se dar devida atenção a esses casos e relatar o máximo possível, além disso para que possamos acompanhar esses acontecimentos e identificar seus fatores é necessário a implementação da rastreabilidade dos implantes, tornando assim possível progresso e novos avanços na cirurgia de catarata e na implantação de lentes oculares, reduzindo, assim, o custo às empresas e aos governos e, ao mesmo, tempo permitindo garantia da qualidade de vida.

Palavras-chave


lente intra-ocular; catarata; cirurgia

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.