Projétil de borracha intraorbital

Victor Dias Bergamasco, Michel Risnic Rubin, José Vital Filho, Ronaldo Rodrigues Freitas

Resumo


Objetivamos relatar um caso incomum de trauma ocular, seu diagnóstico e tratamento. Homem, 26 anos, vítima de trauma ocular inespecificado durante treinamento militar. Evidenciou-se desestruturação do bulbo ocular, edema, equimose e tecido enegrecido na região orbital esquerda. Tomografia computadorizada demonstrou corpo estranho intraorbital de 5 X 3 cm, de formato cilíndrico com ranhuras laterais, fratura da parede medial, pavimento e teto da órbita. Foi realizada cirurgia para retirada do corpo estranho e reconstrução da órbita com malha de titânio. O paciente evoluiu satisfatoriamente com programação para adaptação de prótese ocular.


Palavras-chave


corpos estranhos no olho; traumatismos oculares; órbita; tomografia computadorizada por raios X

Texto completo:

PDF

Referências


McGwin G, Hall TA, Xie A. Trends in eye Injury in the United States, 1992–2001. Invest Ophthalmol Vis Sci. 2006; 47(2):521-7.

McGwin G, Owsley C. Incidence of emergency department: treated eye injury in the United States. Arch Ophthalmol. 2005; 123:662-6.

Aragaki GN, Inada ET, Teixeira MF. Estudo epidemiológico dos traumas oculares graves em um Hospital Universitário de São José do Rio Preto, SP. Arq Bras Oftalmol. 2003; 66:473-6.

Tongu MTS, Bison SHDVF, Souza LB. Aspectos epidemiológicos do traumatismo ocular fechado contuso. Arq Bras Oftalmol. 2001; 64(1):57-61.

Weyll M, Silveira RC, Fonseca Júnior NL. Trauma ocular aberto: características de casos atendidos no Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Arq. Bras. Oftalmol. 2005; 68(4):505-10.

Thach AB, Johnson AJ, Carroll RB. Severe eye injuries in the war in Iraq, 2003–2005. Ophthalmology. 2008; 115(2):377-82.

Weichel ED, Colyer MH, Ludlow SE. Combat ocular trauma visual outcomes during operations Iraqi and enduring freedom. Ophthalmology. 2008; 115(12):2235-45.

Condor Tecnologias Não Letais [Internet]. Rio de Janeiro: Condor; 2007 [acesso em 06 nov. 2010]. Disponível em: http://www.condornaoletal.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=58&Itemid=52.

Thach AB, Ward TP, Hollifield RD. Ocular Injuries from paintball pellets. Ophthalmology. 1999; 106(3): 533-7.

Oliveira RB,Silveira RL, Machado RA. Utilização de diferentes materiais de reconstrução em fraturas do assoalho de órbita: relato de seis casos. Rev Cir Traumatol Buco-Maxilo-Fac. 2005;(3);5: 43-50.

Lakits A, Prokesch R, Scholda C. Orbital helical computed tomography in the diagnosis and management of eye trauma. Ophthalmology. 1999; 106(12):2330-5.

Souza EMR, Rocha RS, Silva LCF. Reconstrução orbitária com tela de titânio: relato de dois casos. Rev Cir Traumatol Buco-Maxilo-Fac. 2009; 9(1):75-82.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.