Mioma parido na perimenopausa

Letícia de Arruda Camargo, Caroline Rosa Pellicciari, André Araújo Rozas, Luiz Lippi Rachkorky, Joe Luiz Vieira Garcia Novo

Resumo


Os leiomiomas são neoplasias benignas que acometem a musculatura lisa uterina. Eles provêm de uma complexa interação entre hormônios, fatores de crescimento, citocinas e a presença do fator genético, que se acredita ser um fator importante para o seu aparecimento. Essas tumorações acometem com maior frequência mulheres na idade reprodutiva. Em virtude desse fato, o aparecimento de leiomiomas em mulheres no período da perimenopausa vem a ser uma ocorrência rara, exemplificada com a escassez de relatos na literatura médica e, desse modo, relata-se um caso de “mioma parido na perimenopausa”.


Palavras-chave


neoplasias uterinas; mioma; leiomioma; perimenopausa

Texto completo:

PDF

Referências


Griffiths A, D'Angelo A, Amso N. Surgical treatment of fibroids for subfertility. Cochrane Database Syst Rev. 2006; 3:CD003857.

Peddada SD, Laughlin SK, Miner K, Guyon JP, Haneke K, Vahdat H, et al. Growth of uterine leiomyomata among premenopausal black and white women. Proc Natl Acad Sci USA. 2008; 105(50):19887-92.

Lasmar RB, Barrozo PRM, Dias R, Oliveira MAP, Pontes A, Dias DS. Miomas submucosos: classificação pré-operatória para avaliação da viabilidade da cirurgia histeroscópica. Rev Bras Ginecol Obstet. 2004; 26(4):305-9.

Parker W. Etiology, symptomatology, and diagnosis of uterine myomas. Fertil Steril. 2007; 87:725-36.

Bozzini N, editor; FEBRASGO. Leiomioma uterino: manual de orientação [Internet]. São Paulo: Ponto; 2004 [acesso em 20 ago. 2011]. Disponível em: http://www.sggo.com.br/uploads/fgo/File/leiomiomauterino.pdf.

Aubuchon M, Pinto AB, Williams DB. Treatment of uterine fibroids. Prim Care Update Obstet Gynecol. 2002; 9:231-7.

Silva ALB, Seibel SA, Capp E, Corleta HE. Miomas e infertilidade: bases fisiopatológicas e implicações terapêuticas. Rev Bras Ginecol Obstet. 2005; 5:13-8.

Schröer CE, Mello CS, Michelon JR. Miomas uterinos. Acta Méd. 2008; 29:586-94.

Memarzadeh S, Broder SB, Wexler AS, Pernol ML. Distúrbios benignos do corpo uterino. In: Decherney AH, Nathan L, editores. Obstetrícia e ginecologia: diagnóstico e tratamento. Rio de Janeiro: McGraw-Hill; 2005. p. 589-607.

Conceição JCJ. Ginecologia fundamental. Rio de Janeiro: Atheneu; 2005. p. 175-80. Neoplasias benignas do útero.

American Society for Reproductive Medicine. Myomas and reproductive function. Bull Am Soc Reprod Med. 2001; (nov):1-12.

Stefani Ei, Maillard JL, Stefani M. Relato de um caso de leiomiossarcoma. Rev Ciênc Med Caxias do Sul. 2001; 10:1-5.

Bozzini N, Borsari R, Donadio N, Guedes RC, Messina ML, Bonduki C, et al; FEBRASGO. Projeto Diretrizes: miomatose uterina. São Paulo: AMB; CFM; 2002.

Duarte G. Doenças benignas do corpo do útero. In: Halbe HW, editor. Tratado de Ginecologia. São Paulo: Roca; 2000. p. 1273-300.

Lemgruber I, Lemgruber M. Histerectomias. In: Oliveira HC, Lemgruber I, Costa OT, editores. Tratado de Ginecologia. Rio de Janeiro: Revinter; 2000. p. 1383-401.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.