Geração Y: um estudo sobre suas movimentações, valores e expectativas

Marina Rudge, Germano Glufke Reis, Lina Nakata, Djair Picchiai

Resumo


Os profissionais da geração Y (nascidos entre 1978 e 1990) ocupam posições importantes em organizações que operam no Brasil. O objetivo foi verificar se  a geração Y permanece menos tempo no emprego na realidade brasileira, e também compreender quais expectativas e valores motivam as suas movimentações. Este estudo adotou uma abordagem metodológica mista, analisando estatisticamente 797 profissionais e conduzindo sete entrevistas em profundidade com executivos da geração Y. Observou-se permanência menor nas empresas por parte da geração Y. Nas entrevistas, verificaram-se as principais influências nas suas movimentações de carreira: oportunidades de crescimento, bom ambiente de trabalho e aspectos emocionais.

Palavras-chave


Geração Y; Carreira; Valores

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20503/recape.v7i1.32653

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.