METAS ORGANIZACIONAIS E GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS: ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

Alexis Renan Silva Ribeiro, Pablo Luiz Martins, Maria do Carmo Santos Neta

Resumo


Este trabalho discute a avaliação de desempenho à luz de referenciais teóricos atinentes à gestão estratégica de pessoas. O objetivo do estudo consiste em examinar a relevância do regime de metas como critério de avaliação de desempenho, tomando-se como objeto de estudo uma agência do Itaú Unibanco, situada em Belo Horizonte, Minas Gerais. O trabalho apresenta que as metas são relevantes porque incidem diretamente sobre a motivação e, por conseguinte, contribuem para a otimização do desempenho dos funcionários. No entanto, essa ferramenta pode prejudicar outros aspectos relevantes para as organizações, como a motivação e a ética profissional. Na empresa estudada, o regime de metas tem sido implementado de forma relativamente correta.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20503/recape.v7i2.32751

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.