CARREIRAS: NOVAS OU TRADICIONAIS? UM ESTUDO COM PROFISSIONAIS BRASILEIROS

Rodrigo Cunha da Silva, Carolina Aparecida Freitas Dias, Maria Tereza Gomes da Silva, Patrícia Viveiros de Castro Krakauer, Bernadete de Lourdes Marinho

Resumo


Este artigo procurou identificar quais são as principais características apresentadas por alunos e ex-alunos de pós-graduação em relação às atitudes de carreira e  relacionar o perfil destes indivíduos às atitudes de três modelos de carreira. A metodologia utilizada foi quantitativa e o método de coleta de dados, o survey. Três resultados principais foram detectados. O primeiro é que não foi possível a distinção estatística entre as atitudes de carreira proteana e sem fronteiras. O segundo foi que as atitudes referentes às novas carreiras predominaram na maior parte dos respondentes, embora constatadas diferenças associadas ao gênero e geração do mesmo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20503/recape.v2i1.9337

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.