CONTROLE DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DE CARVÃO VEGETAL PARA SIDERURGIA

Anna Carolina Silvestre Picancio, Crismeire Isbaex, Márcio Lopes da Silva, Thiago Taglialegna Salles, Lyvia Julienne Sousa Rêgo, Liniker Fernandes da Silva

Resumo


O objetivo geral desse trabalho foi estudar a aplicação da metodologia de gestão por processos, na produção de carvão vegetal, visando a melhoria da qualidade. Em uma empresa que possui unidades de carbonização para produção de carvão vegetal para siderurgia, foram analisados dados relativos aos indicadores de desempenho, diferenciando-os em itens de controle e itens de verificação, por meio de gráficos sequenciais, de acordo com os limites de especificação determinados pelo cliente e aplicado o gráfico de Pareto como ferramenta de gestão. Para a maioria dos itens de controle, o processo possui falhas e não atende às especificações do cliente.

Palavras-chave


Controle de qualidade; itens de controle; especificação do cliente

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUDA, T. P. M.; PIMENTA, A. S.; VITAL, B. R.; LUCIA, R. M. D.; ACOSTA, F. C. Avaliação de duas rotinas de carbonização em fornos retangulares. 2011. Revista Árvore, Viçosa-MG, v.35, n. 4, p. 949-955, 2011.

ASSIS, M. R. de; PROTÁSIO, T. de P.; ASSIS, C. O. de.; TRUGILHO, P. F.; BARBOSA, E. F. Gerência da qualidade total na educação. Belo Horizonte, MG. Escola de Engenharia da UFMG, Fundação Christiano Ottoni, 1994. 36 p.

BRITO, J. O. ; BARRICHELO, L. E. G. Correlações entre características físicas e químicas da madeira e a produção de carvão vegetal: i. Densidade e teor de lignina da madeira de eucalipto. Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais - IPEF, Piracicaba. n.14, p.9-20, 1977.

BRITO, J. O. et al. Reflexos sobre a qualidade do carvão vegetal para uso siderúrgico. Piracicaba: IPEF, 1993 (Circular Técnico, 181).

CAMPOS, V. F. Gerenciamento da rotina do trabalho do dia-a-dia. Belo Horizonte: Editora Fundação Christiano Ottoni, 1996.

CAMPOS, V. F. TQC: Controle de qualidade total (no estilo japonês). Belo Horizonte, MG. Fundação Christiano Ottoni. Escola de Engenharia da UFMG, 1992. 229 p.

CARDOSO, M. T. Desempenho de um sistema de forno-fornalha para combustão de gases na carbonização de madeira. 2010. 77p. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) -Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, 2010.

CARNEIRO, A. C. O.; CASTRO, A. F. N. M.; CASTRO, R. V. O.; SANTOS, R. C.; FERREIRA, L. P.; DAMÁSIO, R. A. P.; VITAL, B. R. Potencial energético da madeira de Eucalyptus sp. em função da idade e de diferentes materiais genéticos. Revista Árvore, Viçosa, v. 38, n. 2, p. 375-381, 2014.

CARNEIRO, A. C. O.; BARCELLOS, D. C.; SANTOS, R. C. Treinamento carvão vegetal: apostila teórica e prática. Viçosa-MG, 2011. 129p.

CARNEIRO, A. C. O.; VITAL, B. R.; OLIVEIRA, A. C.; PEREIRA, B. L. C. Pirólise lenta da madeira para a produção de carvão vegetal. In: SANTOS, F.; COLODETE, J.; QUEIROZ, J. H. Bioenergia e biorrefinaria – Cana-de-açúcar e espécies florestais. Viçosa-MG: Super Gráfica e Editora Ltda. 2013. 429-457p.

DEMING, W. E. Qualidade: a revolução da administração. São Paulo: Marques Saraiva, 1990.

FARIA, A. F.; MOTA, E. M.; VIEIRA, J. G. V. Gestão por processos aplicada em uma incubadora de empresas de base tecnológica. IV Emepro - Encontro Mineiro de Engenharia de Produção - Ouro Preto, MG. 2008.

FONTES, P. J. P. Produção de carvão vegetal com oito espécies florestais da região amazônica em forno metálico. Brasília. IBAMA/DIRPED/LPF. 1989, 21p. (Série Técnica, 10).

FREDERICO, P. G. U. Influência da densidade e composição quimica da madeira sobre a qualidade do carvão de Eucaliptus grandis W. Hill ex Maiden e de híbridos de Eucalyptus grandis x Eucalytus urophylla S. T. Blake. 2009. 75f. Dissertação (mestrado em Ciência Florestal) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, 2009.

GOMES, M. T. M. Potencialidades de inserção do carvão vegetal em bolsas de mercadoria. 2006. 71f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal)-Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG.

GOMES, P. A. & OLIVEIRA, J. B. Teoria da carbonização da madeira. In: Uso da madeira para fins energéticos. Belo Horizonte: CETEC. 27- 41p. 1980.

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ÁRVORES – IBÁ. Relatório do IBÁ 2015. Disponível em: http://iba.org/images/shared/iba_2015.pdf. Acesso em 28 abr. 2016.

INSTITUTO DO AÇO. Anuário Estatístico 2015. Disponível em: http://www.acobrasil.org.br/temp/Anuario_2015.pdf. Acesso em: 16 mar. 2016.

ISNARD, M. J.; ROCHA, A. V. R.; MOTA, E. B.; QUINTELLA, O. M. Gestão da qualidade e processo. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2012.

LOBÃO, M. S.; LÚCIA, R. M. D.; MOREIRA, M. S. S.; GOMES, A. Caracterização das propriedades físico-mecânicas da madeira de eucalipto com diferentes densidades. Revista Árvore, Viçosa-MG, v.28, n.6, p.889-894, 2004.

MATOS, M., & RIOS, C. A. Reatividade do carvão vegetal. In: Produção e utilização de carvão vegetal. Belo Horizonte: CETEC. 92-111p. 1982.

MENDES, M. G.; GOMES, P. A.; OLIVEIRA, J. B. Propriedades e controle de qualidade do carvão vegetal. Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais/CETEC. Belo Horizonte, 1982. lv. (Série de Publicações Técnicas, 8.). 357p.

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA - MME. Balanço Energético Nacional 2008. Disponível em: http://www.mme.gov.br. Acessado em: 16 mar. 2016.

NEVES, T. A.; PROTÁSIO, T. P.; COUTO, A. M.; TRUGILHO, P. F.; SILVA, V. O.; VIEIRA, C. M. M. Avaliação de clones de Eucalyptus em diferentes locais visando à produção de carvão vegetal. Pesquisa Florestal Brasileira, Colombo, v. 31, n. 68, p. 319-330, 2011.

OLIVEIRA, J. C. Análise econômica do carvão vegetal. In: SEMINARIO SOBRE O CARVÃO VEGETAL. Belo Horizonte, BDMG, 29-30 ago. 1977 (patrocínio do IBS, ABM e BDMG).

OLIVEIRA, R. L. M. Instrumentação e análise térmica do processo de produção de carvão vegetal. 2009. 129p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia-MG. 2009.

PIMENTA, A. S. Carbonização. Curso de Produção de Carvão Vegetal. Universidade Federal de Viçosa. Laboratório de Painéis e Energia da Madeira. 94pg. 2013.

RAAD, T. J. Instrumentação e controle de processo de carbonização dos fornos industriais da V & M Florestal. Anais...1 Congresso Internacional de uso da biomassa plantada para a produção de metais e geração de eletricidade., Belo Horizonte, Brasil, 8-11 outubro, 2001.

SANTANA, W. M. S. Qualidade e rendimento do carvão vegetal de um clone híbrido de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla. Pesquisa Florestal Brasileira, Colombo, v. 32, n. 71, p. 291-302. 2012.

SANTOS, M. A. S. Parâmetros de qualidade do carvão vegetal para uso em alto-forno. In: FÓRUM NACIONAL SOBRE CARVÃO VEGETAL, 1., 2008, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: UFMG, 2008.

SANTOS, R. C. dos; CARNEIRO, A. de C. O.; CASTRO, A. F. M.; CASTRO, R. V. O.; BIANCHE, J. J.; SOUZA, M. M. de.; CARDOSO, M. T. Correlações entre os parâmetros de qualidade da madeira e do carvão vegetal de clones de eucalipto. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 39, n. 90, p. 221-230, 2011.

São Paulo (Estado). Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Resolução SAA nº 10, de 11 de julho de 2003. Norma de padrões mínimos de qualidade para carvão vegetal, como base para certificação de produtos pelo Sistema de Qualidade de Produtos Agrícolas, Pecuários e Agroindustriais do Estado de São Paulo, instituído pela Lei 10.481-9. Diário Oficial do Estado de São Paulo, São Paulo, 2003. v. 113 (129).

SHIMOYAMA, V. R. Variações da densidade básica e características anatômicas e químicas da madeira em Eucalyptus sp. 1990. 93p. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, 1990.

SILVA, M. A. M. e; QUINTÃO, M. A. Especificação de carvão vegetal e seu efeito na operação de alto forno. In: BRAGA, R. N. B. Carvão vegetal: Produção propriedades e aplicações na siderurgia. Associação Brasileira de Metais – ABM, Belo Horizonte. 1991. 184-211p.

TRUGILHO, P. F. Densidade básica e estimativa de massa seca e de lignina na madeira em espécies de Eucalyptus. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v.33, n.5, p.1228-1239, 2009.

TRUGILHO, P. F. Matéria Prima para Produção de Carvão Vegetal e Aproveitamento Energético de Resíduos Florestais. Fórum Nacional sobre Carvão vegetal. Belo Horizonte, 2014. Disponível em: http://www.sif.org.br/evento/forum-nacional-sobre-carvao-vegetal. Acesso em: 10 mar. 2016.

TRUGILHO, P. F.; LIMA, J. T.; MENDES, L. M. Influência da idade nas características físico-químicas e anatômicas da madeira de Eucalyptus saligna. Cerne, Lavras, MG, v. 2, n. 1, p. 94-116, 1996.

TRUGILHO, P. F.; VITAL, B. R.; REGAZZI, A. J.; GOMIDE, J. L. Aplicação da análise de correlação canônica na identificação de índices de qualidade da madeira de eucalipto para a produção de carvão vegetal. Revista Árvore, Viçosa, v. 21, n. 2, p 259-267, 1997.

VALE, A. T.; COSTA, A. F.; GONÇALVES, J. C. e NOGUEIRA, M. Relações entre densidade básica da madeira e a qualidade do carvão vegetal de espécies do cerrado. Revista Árvore, v.25, n. 1, p.89-95, 2001.

VIEIRA, R. S.; LIMA, J. T.; MONTEIRO, T. C.; et al. Influência da temperatura no rendimento dos produtos da carbonização de Eucalyptus microcorys. Cerne, Lavras, v. 19, n. 1, p. 59-64, 2013.

VITAL, B. R.; BASTOS FILHO, J. G.; VALENTE, O. F. Efeito da idade da árvore sobre o rendimento gravimétrico e teor de carbono fixo de carvão de Eucalyptus. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 9, n. 2, p. 180-185, 1985.

VITAL, B. R.; CARNEIRO, A. C. O.; PEREIRA, B. L. C. Qualidade da madeira para fins energéticos. In: SANTOS, F.; COLODETE, J.; QUEIROZ, J. H. Bioenergia e biorrefinaria – Cana-de-açúcar e espécies florestais. Viçosa-MG: Super Gráfica e Editora Ltda. 2013. 322-354p.

WERKEMA, M. C. C. Ferramentas estatísticas básicas para o gerenciamento de processos. Belo Horizonte, MG. Werkema Editora, 2006. 302 p.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo / PUC-SP. Rua Monte Alegre, 984. Cep: 05014-901. São Paulo - SP - Brasil. Faculdade de Economia e Administração (FEA), Departamento de Administração. Fone (11) 3670-8147. ISSN 1414-7394.