COGNITIO-ESTUDOS v. 15 n. 2 julho-dezembro 2018 EDITORIAL[PORT]

COGNITIO-ESTUDOS

Revista Eletrônica de Filosofia
Philosophy Eletronic Journal
ISSN 1809-8428

São Paulo: Centro de Estudos de Pragmatismo
Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Disponível em <http://revistas.pucsp.br/index.php/cognitio>

Vol. 15, nº. 2, julho-dezembro, 2018

DOI: 10.23925/1809-84282018v15i2pAI

EDITORIAL

Caros leitores e leitoras,

A revista Cognitio-Estudos: revista eletrônica de filosofia tem publicado edições marcadas por pesquisas que contribuem para a reflexão filosófica de natureza científica. Os nossos agradecimentos se estendem aos autores e autoras que têm o interesse e a perspicácia de contribuir com artigos, resenhas e traduções, o que permite superar a escassez de boas obras escritas.

A presente edição prima não somente pela volumosa quantidade de escritos, mas também pela profundeza dos temas cuja abordagem perpassa desde o conhecimento no âmbito social como pessoal e suas implicações. Seja qual for a disposição conservadora ou progressista que hoje se postula sobre a democracia liberal, Diego Alejandro Otero Angelini retrata, na ótica de Jonhn Dewey, o quanto a democracia liberal pode ser "justificável" nas sociedades plurais e ao mesmo tempo pensada como uma sociedade ordenada para o bem concreto. Para além das opiniões que se colocam como trincheiras insuperáveis, o último artigo de Pablo Fernando Campos Pimentel é de suma importância, pois compreende o conservadorismo no campo das ideias, e o revolucionário no campo da "precaução" e da "prudência".

Em se tratando da pessoa na sua relação com o universo, é importante saber qual a diferença marcante entre o conhecer e o significar. É o que Maria Aparecida dos Anjos Carvalho reflete a partir da obra de Charles Sanders Peirce, que sublinha a importância da apreensão dos sentimentos, os quais dentro do Universo são os responsáveis pela criação significante. Contudo, surge uma pergunta que o tempo não quer calar: "Qual é o lugar da pessoa na ordem natural?" O autor Everaldo Cescon discute a concepção dennettiana de pessoa na dimensão conceitual da natureza psicológica e biológica. Contudo, ainda há uma possibilidade de análise filosófica acerca do estatuto da identidade pessoal do si-mesmo proposta pelo autor Jeferson Flores Portela da Silva, na hermenêutica do si de Paul Ricoeur. No que tange a dinâmica da experiência humana, Sabrina Balthazar Ramos Ferreira aponta a "percepção" que revela o modo de agir do ser humano com o mundo. Mas é a "certeza e a dicotomia fato/valor" que possibilita abordar sobre questões meta-ético condicionadas pelo conceito de forma de vida humana a partir de Wittgenstein.

Luiz Fernando Barrére Martin expõe excelente abordagem sobre uma crítica de Hegel, com ênfase na filosofia do "common" e no ceticismo antigo, que objetiva dizer algo sobre o sensível. Uma reflexão que no senso comum pode ser enstranha, enigmática ou até aporética é o artigo do autor Bismarck Bório de Medeiros sobre a "sorte" e "anti-sorte" na ótica de Ducan Pritchard. Entretanto, o autor busca a reflexão filosófica apropriada, isto é, coerente, necessária e relevante para definir tais termos numa abordagem modal e epistemológica.

O autor César Fernando Meurer, ao lançar o desafio à psicologia evolucionista, vê na mente humana a possibilidade de contar "com um módulo para procurar partes temporais de eventos, propondo a visão externalista do tempo. Assim, a modalidade ganha outro viés com Felipe Miguel, que sugere pontos confluentes entre "o pensamento de G.W. Leibniz, Tomás de Aquino e a discussão contemporânea sobre metafísica e o melhor dos mundos".

Concluo esta apresentação convidando os leitores e leitoras a continuar prestigiando o conteúdo oferecido pelos autores e autoras da PUCSP e de outras Instituições. Tudo isso, somente é possível graças ao esforço de todos e de toda equipe da Cognitio-Estudos, que agradece e deseja um Ano Novo cheio de profundos e valorosos conhecimentos.

Prof. Dr. Cézar Teixeira
Instituto Teolgico de Aracaju - SE

 

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.