Um estudo teológico das Diretrizes Pastorais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) (1991-2002)

Me. Pedro Donizeti de Campos

Resumo


O presente artigo procura demonstrar que a mudança ocorrida na formulação e na apresentação das Diretrizes Gerais, não mais como “Ação Pastoral” e sim “Ação Evangelizadora”, não foi apenas uma mudança de nomenclatura, mas a gênese de uma evolução eclesiológica. Inicia-se assim uma “revolução copernicana” no que tange à compreensão e ao lugar que a Evangelização deve ocupar na ação da Igreja do Brasil. Ela passa de uma mera Dimensão da Pastoral para se tornar a razão de ser e de agir de toda ação pastoral da Igreja.

Palavras-chave


Igreja no Brasil; Evangelização; Pastoral

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19176/rct.v0i80.14387

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: