Utopia da vida religiosa no Brasil pós-moderno à luz do termo periocórese

Prof. Ms. Célio Ribeiro

Resumo


No Brasil pós-moderno a lógica do "consumo, logo existo" é a que prevalece. O número de consagrados que se tornaram objetos de um sistema realmente consumista e imenso. Este sistema tem consumido as vidas desses homens e mulheres. Nesta era, considerando-se a economia atual, as palavras família e comunidade viva tornaram-se antiquadas. Aqueles que adotaram a comunidade viva como profissão já se decidiram pela mesma lógica e sistema. A pobreza, a obediência e a castidade estão relegadas a um segundo plano. Comunidades vivas são agora estruturadas nos moldes multinacionais.

Palavras-chave


Pericórese; Comunidade; Vida

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19176/rct.v0i53.18417

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: