Da cegueira à “Mística de Olhos Abertos”: Uma análise da poesia de Adélia Prado a partir de Benjamín Gonzáles Buelta e Johann Baptist Metz

Ceci Maria Costa Baptista Mariani, Valmir Rubia da Silva

Resumo


Nas obras de Metz e Buelta, deparamo-nos com o conceito de “mística de olhos abertos”. Metz compreende que, na fé cristã, se acha sempre presente uma qualidade que seria a busca pela justiça. Resgatando a frase de K. Rahner: “O cristão do futuro ou será um místico ou não será cristão”, Buelta compreende a mística como “uma dimensão de toda a vida humana” e, não, como algo reservado a privilegiados, mesmo que, em algumas de suas expressões, atinjam níveis de profundidade maior. Citando Metz, Buelta esclarece que, em uma “mística de olhos abertos”, a percepção não se restringe a nós, mas se intensifica no contato com o sofrimento do outro. Este artigo se propõe a apresentar o resultado de uma pesquisa de caráter teórico e qualitativo, empregando a pesquisa bibliográfica como método de trabalho. Com base nos conceitos desenvolvidos por Johann Baptist Metz, a partir de sua obra “Mística de olhos abertos”, de elementos também presentes na obra “Ver ou perecer – Mística de olhos abertos” de Benjamín Gonzáles Buelta e da análise do fenômeno místico desenvolvida por Juan Martín Velasco, pretende-se elaborar uma análise Teopoética na perspectiva Mística de extratos de poesias de Adélia Prado. Pretende-se, em Metz e Buelta, analisar a relação entre espiritualidade-mística e secularidade, identificando, nas expressões poéticas, sinais de transcendência presentes no século que possam caracterizar uma Teopoética na perspectiva Mística. 


Palavras-chave


Mística; Secularidade; Arte; Poesia; Adélia Prado

Texto completo:

PDF

Referências


BINGEMER. Maria Clara Lucchetti. Mística e secularidade: impossível afinidade? Revista Horizonte, Belo Horizonte, vol. 12, n. 35, p. 851-885, julho/setembro, 2014. Disponível em: . Acesso em: 26 out. 2018.

BINGEMER, Maria Clara Lucchetti. Teopoética: uma maneira de fazer Teologia? Revista Interações – Cultura e Comunidade, Belo Horizonte, vol. 11, n. 19, p.3-7, janeiro/junho, 2016. Disponível em: . Acesso em: 26 out. 2018.

BUELTA, Benjamím Gonzáles. “Ver ou perecer”. Mística de olhos abertos. 1. ed. Rio de Janeiro: PUC Rio; São Paulo: Loyola, 2012.

CAMPOS, Mônica Baptista. “A poesia me salvará”: Mística e afeto para uma cristologia Teopoética na obra de Adélia Prado. 2012, 139 p. Dissertação de Mestrado em Teologia Sistemático-Pastoral – Departamento de Teologia da PUC-Rio, Rio de Janeiro.

DALABENETA, Eduardo. O tema da Inspiração na poesia e na teologia: análise do poema “A Boca” de Adélia Prado. Revista Teologia em Questão, Taubaté, vol. 1, n. 29, p. 79-95, janeiro, 2016.

FERNANDES, Roberto Rosas. A Poesia Mística da Libertação: Um estudo psicológico da Eucaristia. Revista Ciberteologia – Revista de Teologia e Cultura, São Paulo, ano III, n.14, p. 24-30, novembro/dezembro 2007. Disponível em: < https://ciberteologia.com.br/assets/pdf/post/adelia-prado-e-a-poesia-mistica-da-libertacao-um-estudo-psicologico-da-eucaristia.pdf>. Acesso em: 26 out. 2018.

LÓPEZ-BARALT, Luce. Mística. In: Novo Dicionário de Teologia. Tamayo, Juan José (org.). 1. ed. São Paulo: Paulus, 2009.

METZ, J. B.. Mística de olhos abertos. 1. ed. São Paulo: Paulus, 2013.

MOREIRA, Daniele Fernanda Feliz. Adélia Prado. Disponível em: . Acesso em: 26 out. 2018.

PIERUCCI, Antônio Flávio. Secularização em Max Weber. Revista Brasileira de Ciências Sociais – Scielo, São Paulo, vol. 13, n. 37, junho, 1998. Disponível em: . Acesso em: 26 out.2018.

PRADO, Adélia. Poesia Reunida. 4. ed. Rio de Janeiro: Record, 2016.

PROGRAMA RODA VIVA. Entrevista com Adélia Prado em 1994. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=CPXpd4BwgjY. Acesso em: 08 ago. 2018.

PSEUDO-DIONÍSIO, O Areopagita. Teologia Mística. 1. ed. Rio de Janeiro: Ed. Fissus, 2005.

REVISTA TEOLITERARIA. Poesia e Mística: Um dedinho de prosa com Adélia Prado. Revista Teoliteraria, São Paulo, vol. 1, n. 1, p. 213-217, julho, 2011. Disponível em: .Acesso em: 26 out. 2018.

VELASCO, Juan Martin. El fenómeno místico: estudio comparado. 2. ed. Madrid: Ed. Trotta, 2003.

__________. Introducción a la fenomenología de la religión. 1. ed. Madrid: Ed. Trotta, 2006.

__________. El hombre y la religión. 1. ed. Madrid: PPC editorial, 2016.

__________. La experiência mística. 1. ed. Madrid: Ed. Trotta, 2004.




DOI: https://doi.org/10.23925/rct.i94.44450

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Cultura Teológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: