A experiência da misericórdia nos sacramentos de Iniciação à vida Cristã

Luís Felipe Carneiro Marques, Marcos Vieira das Neves

Resumo


A justiça do discípulo de Jesus deve superar a justiça dos escribas e fariseus, e sua autocompreensão deve estar em relação com a própria pessoa de Jesus, que possui sempre um olhar de misericórdia e que manifesta a vontade do Pai expressa na sua aliança. Toda a iniciação deve ter caráter pascal e o Mistério Pascal é o ponto máximo da revelação e atuação da misericórdia, capaz de restabelecer a justiça como realização do desígnio salvífico de Deus. O objetivo do sacramento da reconciliação é nos tornar dignos do amor de Deus e da sua presença anunciando e realizando novamente o reconciliar-se de Deus com o homem. É necessário encontrar meios para que, os sacramentos da iniciação cristã e o sacramento da penitência, sejam vividos como encontro relacional com o Pai amoroso, que perdoa sempre. Para uma decisão de participação na comunhão, o cristão deveria recordar sempre o seu batismo. A eucaristia não exige uma genérica dignidade ritual, mas sim a dignidade batismal, que não é de tipo ritual e sim existencial. Visto isso, investiga-se aqui a experiência da misericórdia nos sacramentos de iniciação à vida cristã, fazendo uso, para tal, de uma análise de documentos do magistério e autores que investigam o tema em questão. Constatando, enfim, que a salvação do cristão é caracterizada no encontro com o Deus de misericórdia na livre comunicação que Ele mesmo faz de si.

Palavras-chave


Misericórdia; Sacramento; Iniciação cristã; Ação simbólico- ritual

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19176/rct.i88.30940

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista de Cultura Teológica. ISSN (impresso) 0104-0529 (eletrônico) 2317-4307

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: