Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista e-Curriculum proprõe-se a elevar a qualidade da produção científica na área, em nível nacional e internacional.

Sua missão é estimular a publicação de pesquisas em uma perspectiva crítica e emancipatória, comprometida com a superação de todo o tipo de desigualdade e opressão.

Está voltada à difusão de pesquisas acadêmico-científicas da Área de Humanas, com especial destaque para a área de Educação, compreendendo que o currículo é um tema central para o desenvolvimento da sociedade.

É fundamental, portanto, adensar a produção de conhecimento de políticas e práticas no campo do currículo.

A revista é fruto de esforços de pesquisadores, tem publicação quadrimestral (março, junho, setembro e dezembro) e atualmente tem Qualis A2.

 

Políticas de Seção

Artigos

São textos que tratam de resultados de pesquisas de natureza teórica ou empírica e que expressam alguma contribuição original para as temáticas do campo de pesquisa da Educação, com potencial de contribuir para novas problemáticas de investigação e como referência de outros estudos.

Todos os trabalhos científicos dessa seção passam pelas etapas abaixo:

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Abrangem textos que apresentem uma análise de obra publicada nos últimos cinco anos, escritos originalmente me Português ou em outra linguas (Inglês, Espanhol, Francês, Italiano), com ênfase na área de Educação. As resenhas devem ter entre 3 a 6 páginas apenas (espaço 1,5 - fonte 12).

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Com pensadores relevantes sobre temas candentes na área da Educação, que não tenham sido publicadas em outro periódico de língua portuguesa ou em outros meios de comunicação e informação.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Memória e Documentos

Documentos atuais e históricos, tanto normativos quanto doutrinários ou propositivos com o objetivo de preservar ou resgatar a memória da educação e de educadores.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiês Temáticos

A revista aceita a proposição de dossiês sobre temas relevantes ao currículo compondo um conjunto de artigos cinetíficos, que se aglutinam em torno de um tema proposto e se enquadram nas políticas da Revista e-Curriculum.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático - "CURRÍCULO: POLÍTICAS E COTIDIANOS"

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê ABdC - "Formação Docente frente às políticas no cenário de centralização curricular"

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático - "O pensamento de Paulo Freire: legado e reinvenção - uma pesquisa a várias mãos"

Editores
  • Alexandre Saul
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático - "Educação não escolar de adultos: estudos sobre educação popular e educação para os direitos humanos"

Editores
  • Alexandre Saul
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático - "Web Currículo: contexto, aprendizado e conhecimento"

Editores
  • Gerlane Perrier
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê:Aqui já tem currículo:produções e experiências educativas pelo direito à diferença e à justiça social e cognitiva

Editores
  • Alexandra Garcia
  • Alexandre Saul
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático: "Formação de educadores: currículo, culturas e contextos"

Editores
  • Silvana Freitas
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático: "Democratização da escola em tempos de privação de direitos"

Democratização da escola em tempos de privação de direitos 

Considerando que:

a) vivemos um momento de ameaça à democracia, no Brasil e no mundo, no qual se aprofundam as assimetrias sociais e econômicas impostas pelo capitalismo em sua versão neoliberal, colocando sob risco   avanços conquistados pelas políticas de educação, de currículo, bem como as conquistas dos profissionais dessa área;

b) as classes populares vivem o acirramento da privação de seus direitos e se encontram cada vez mais oprimidas e excluídas;

c) é urgente fazer a denúncia dessa situação, trabalhando em uma perspectiva crítica e contra hegemônica, que anuncie possibilidades de superação.

Frente a essas considerações, o dossiê que se propõe, em parceria com a ABdC, a ser publicado na Revista e-Curriculum, tem o objetivo de estimular a produção e a publicação de textos em torno da temática da democratização da escola.

Espera-se que os textos que venham a compor esse dossiê, de caráter científico e político, possam apresentar e fazer a crítica dos condicionantes que limitam a autonomia de nossas escolas e anunciem a possibilidade de trabalhar com perspectivas de democratização de propostas e práticas de currículo.

Assim, a expectativa é a de que sejam problematizadas, nos artigos, as seguintes questões:

Como a escola pode se constituir em um espaço de resistência ao autoritarismo que ameaça a sociedade?

Quais as condições para pensar-fazer uma educação crítica na escola pública?

Qual é o conhecimento importante para os estudantes, no contexto da educação popular?

Editores
  • Alexandre Saul
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático: "Pesquisa e Inovação Responsáveis na Educação"

Editores
  • Gerlane Perrier
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático: Em busca da justiça curricular: as possibilidades do currículo escolar na construção da justiça social

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê ABdC 2019: "Confrontos e resistências nas políticas educacionais e curriculares no contexto atual"

Editores
  • Cristiane Oliveira
  • Thiago Oliveira
  • Marlucy Paraíso
  • Alexandre Saul
  • Márcia Uchôa
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A Revista e-Curriculum adota a seguinte política de avaliação:

1. Recebimento do trabalho científico via sistema de submissão online acessado via site da revista (http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/index).

2. Análise, pelo Corpo Editorial, quanto à pertinência do trabalho em relação à linha editorial, escopo e critérios técnicos quanto às normas e padrões da revista (resumo, palavras-chave, abstract, key words, padrões e normas).

3. Encaminhamento para pareceristas Ad Hoc (02 por submissão), indicados pelo Corpo Editorial da Revista e-Curriculum, por seu comprovado conhecimento no tema do trabalho a ser avaliado. Os trabalhos são avaliados por pares acadêmicos, garantindo-se o anonimato (blind peer review).

4. Análise e confrontação dos pareceres:

4.1. Os trabalhos com dois pareceres favoráveis são encaminhados aos autores com os respectivos pareceres. O Corpo Editorial poderá solicitar reformulações no texto a partir de observações e possíveis recomendações indicadas pelos pareceristas e pelo Corpo Editorial.

4.2. Os trabalhos que tenham pareceres contraditórios são encaminhados a um terceiro parecerista.

4.3. Os trabalhos com dois pareceres contrários são recusados.

5. O aceite final e o agendamento da publicação do trabalho ocorrem apenas após o recebimento do texto reformulado e o atendimento às recomendações.

6. Após o aceite final, é de responsabilidade dos autores encaminhar os trabalhos para a revisão de linguagem, normas e padrões da revista por profissional especializado. A revista mantém um banco de revisores profissionais, cujos serviços são tratados diretamente entre o autor e o revisor.

7. Todo esse processo garante o anonimato aos autores e avaliadores.

São considerados como critérios de avaliação dos trabalhos científicos:

a) Contribuição original e inédita para o campo de pesquisa indicado e para a área de Educação e suas interfaces. Trabalho inédito é entendido como aquele que não foi integralmente publicado em nenhuma revista nacional ou estrangeira, em anais de congressos/seminários ou em espaços virtuais da internet que tenham a finalidade de divulgação de trabalhos científicos e acadêmicos.

b) Enquadramento na linha editorial da revista.

c) Alinhamento com o padrão adotado pela revista (17 a 30 páginas para artigos; 3 a 6 páginas para resenhas).

d) Correção de linguagem e seguindo o formato de fonte Times New Roman, tamanho 12, com espaçamento 1,5, com margens de 2,5 cm e papel tamanho A4. Especificações mais detalhadas se encontram em Diretrizes para Autores.

e) Atendimento às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT - NBR 6022/2003), conforme indicado em Diretrizes para Autores.

f) Respeito aos princípios e critérios éticos da pesquisa.


 

Periodicidade

A Revista tem periodicidade quadrimestral com publicações em março, junho, setembro e dezembro.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.