O REENCONTRO DAS DIFERENÇAS ATRAVÉS DE PRÁTICAS CURRICULARES INTERCULTURAIS

Teodoro Adriano Costa Zanardi

Resumo


Trata-se de artigo fruto de pesquisa realizada na Alemanha sobre práticas curriculares comprometidas com uma educação intercultural. Desenvolvida sob uma perspectiva libertadora, a pesquisa busca expor a estreita relação entre a interculturalidade e a Pedagogia do Oprimido através da exposição do cotidiano de uma escola fundamental da periferia de uma grande metrópole alemã onde a presença das diferenças é personificada por um quadro multicultural que se efetiva na Europa pós-guerra. Este reencontro entre outrora colonizadores e colonizados traz novas referências para uma prática pedagógica comprometida com a autonomia, a liberdade, a solidariedade, o diálogo e a pronúncia da palavra, revelando como práticas educativas comprometidas com a integração se relaciona intrinsecamente com a teoria de Paulo Freire. A investigação se desenvolveu pela abordagem qualitativa, tendo como focos o Plano de Integração alemão, o Projeto Curricular do Estado da Renânia do Norte-Vestfália e o cotidiano de uma escola pública de ensino fundamental deste Estado.


Palavras-chave


Interculturalidade; Integração; Currículo; Paulo Freire

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais