ENSINAR PARA QUAL AMÉRICA? REFLEXÕES DE PROFESSORES INICIANTES SOBRE SUAS ESCOLHAS PROFISSIONAIS E A CRISE ECONÔMICA

Gustavo E. Fischman, Victor H. Diaz

Resumo


Neste artigo argumentamos que, no contexto dos Estados Unidos contemporâneo, as conexões entre a economia e a educação precisam ser vistas como respostas - tanto em termos de modificações quanto de acomodações - às demandas de uma narrativa mestre que posiciona a escola como uma instituição redentora. Este projeto coletou e analisou 37 narrativas produzidas por professores em seu primeiro ano de atuação no programa de licenciatura alternativa chamado Teach for America. Especificamente examinamos como e de que forma os objetivos e motivações desses professores se relacionam com a crise econômica de 2008 e o que isso pode sugerir a respeito da influência onipresente do paradigma neoliberal em educação. Nossa análise mostra que os objetivos e motivações destes professores cria uma narrativa desconfortavelmente “redentora” sobre o papel dos professores em contextos urbanos empobrecidos.

Palavras-chave


Teach for America; Narrativa redentora; Licenciatura alternativa; Neoliberalismo

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais