DESIGN-INTERATIVO ABERTO: UM DISPOSITIVO DA PESQUISA-FORMAÇÃO NA CIBERCULTURA

Tatiana Stofella Sodré Rossini, Edméa Oliveira dos Santos

Resumo


Este texto é fruto de uma pesquisa de doutorado em educação de duração de um ano em um curso de graduação de pedagogia em uma universidade pública no sudeste do Brasil que atualiza a pesquisa-formação para a docência e aprendizagem na cibercultura com alguns princípios da pesquisa-design. Assim, desenvolvemos atos de currículo inovadores ao longo da pesquisa-formação para a atualização da metodologia pesquisa-formação. Para tanto, criamos um dispositivo para sustentar o processo de arquitetar interfaces comunicacionais e de conteúdo aliados às proposições de situações de ensino e aprendizagem em softwares abertos e livres, com vistas a produção de autorias discentes e docentes devidamente licenciadas para uso, reuso, compartilhamento e remixagem no ciberespaço. Essa pesquisa revelou os seguintes achados: a) todos os praticantes da pesquisa (docentes e discentes) produziram REA colaborativamente e compartilharam nas interfaces da Web 2.0; b) os atos de currículo foram criados conforme os resultados das análises dos microciclos iterativos, e; c) ambiências online como espaços fecundos à autoria e licenciamento aberto. Em suma, com uma metodologia de pesquisa que propicie a formação de sujeitos-autores capazes de colaborar na construção de materiais digitais de qualidade, poderemos contribuir para a divulgação e a consolidação da filosofia de abertura para além dos muros das escolas na cibercultura.

Palavras-chave


Pesquisa-Formação. Autoria. Design.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais