A ESCOLA NO QUINTAL DA CULTURA: TEATRALIDADES EM PERSPECTIVA DIALÓGICA

Jean Carlos Gonçalves

Resumo


Esse artigo tem como objetivo compreender os sentidos de escola na série brasileira Quintal da Cultura, exibida pela TV Cultura. Escolheu-se como corpus o episódio A Escolinha do Quintal – Vogais. A análise é realizada a partir dos pressupostos da perspectiva dialógica que tem nos estudos de Bakhtin e o Círculo sua ancoragem teórica. Os resultados do trabalho apontam para a relação com o discurso teatral e com efeitos de teatralidade como fatores intrínsecos ao programa em questão. Em contraponto, a análise dos dados apresenta sentidos de escola bastante provocadores do ponto de vista da noção bakhtiniana de relações dialógicas, principalmente no que se refere à visualidade cenográfica do espaço da sala de aula e à presença de relações de poder e forças entre professores e alunos. A série revisita a escola por meio de códigos e signos de um projeto discursivo ainda marcado pela resistência à mudança e às reconfigurações educacionais da contemporaneidade.


Palavras-chave


Escola. Sentido. Teatralidade. Bakhtin.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2017v15i3p594-614

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais