POLÍTICAS CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA: CONTRIBUIÇÕES DA REVISTA E-CURRICULUM PARA O ESTADO DA ARTE DA QUESTÃO (2010-2015)

Sanny Silva da Rosa, Branca Jurema Ponce

Resumo


Como desdobramento de estudos que temos realizado sobre as produções recentes desenvolvidas no campo do Currículo, este artigo analisa, especificamente, as contribuições da Revista e-Curriculum para o debate acerca das políticas curriculares para a educação básica no período compreendido entre 2010-2015. Procuramos observar e dar destaque às interfaces entre os estudos sobre as políticas curriculares com outras temáticas da área educacional de equivalente relevância. Foi possível identificar, no conjunto de 42 trabalhos encontrados, a emergência de preocupações comuns entre teóricos e pesquisadores do campo do Currículo relacionadas às implicações práticas de concepções marcadamente cognitivistas e produtivistas do papel da educação e da escola intensificadas pelas políticas curriculares em curso no Brasil, e em outros países, particularmente sobre a formação e sobre o trabalho docente. Espera-se que este estudo contribua para a compreensão do estado da arte das investigações sobre currículo, apontando alguns desafios que permanecem na pauta das relações entre a universidade e as escolas de educação básica.

Palavras-chave


políticas curriculares. formação de professores. trabalho docente. estado da arte

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais