ALFABETIZAÇÃO E PÓS-ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E EDUCAÇÃO POPULAR - CONCEPÇÕES, LIMITES E POSSIBILIDADES DAS PRÁTICAS DO CENTRO DE EDUCAÇÃO E ORGANIZAÇÃO POPULAR (CEOP) 1989-2004

Kátia Evangelista Regis

Resumo


Essa dissertação analisou como o Centro de Educação e Organização Popular (CEOP), orientado pelos referenciais da Educação Popular (EP)¹, se organizou para realizar a alfabetização e pósalfabetização de jovens e adultos na Favela Jardim São Remo, entre os anos de 1989 e 2004. Esta Favela situa-se em um terreno ocupado do Campus Capital da Universidade de São Paulo (USP), no Butantã, Zona Sudoeste da Cidade de São Paulo. Sistematizamos a História da entidade analisando seu relacionamento com o Estado, com a USP, com a Associação de Moradores do Jardim São Remo, com a Igreja Católica dessa comunidade e com o Núcleo de Consciência Negra (NCN) situado na USP. Discutimos, dessa forma, os limites, as possibilidades e os desafios concretos do CEOP para realizar a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais