CIBERDESIGN: ESTRATÉGIAS DE (IN)FORMAÇÃO NA ALFABETIZAÇÃO VISUAL

Cláudio Xavier

Resumo


om a disseminação e uso das novas tecnologias de informação e comunicação (TIC), e a emergência de uma era ciber (de cibernética, ciberespaço, cibercorpo, ciberdesign etc), vê-se transformações socioculturais e na cotidianidade dos sujeitos, a partir de um novo contexto de relacionamento e aprendizagem mediado por imagens em ambientes virtuais, de modo a propor e predispor esses sujeitos a relações de interação e troca como na realidade real. Para este cenário, novos referenciais precisam ser considerados de modo a reconhecer e resgatar no sujeito contemporâneo a autonomia como condição indispensável para a participação efetiva na construção do devir coletivo, mediante novos processos de (in)formação. Este novo contexto, impõe ao sujeito/usuário um novo comportamento, de modo a exigir certa habilidade com imagens em um nível de participação que importa a errância. Com isto, o que se propõe aqui é uma análise e classificação quanto ao desenvolvimento e aplicabilidade do ciberdesign em interfaces hipertextuais e interativas, como um recurso ou possibilidade para uma alfabetização visual.

Palavras-chave


Ciberdesign. Operativo. Errância. (in)formação. Alfabetização Visual.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais