RECONHECIMENTO, VALIDAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS. AS PERCEPÇÕES DE UM GRUPO DE PROFISSIONAIS HOSPITALARES

António Duarte

Resumo


Este estudo pretende analisar a percepção dos profissionais hospitalares em relação ao processo e Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) e em que este difere do ensino regular, a favor de um novo modo de encarar a cidadania e a progressão acadêmica do adulto. Após a contextualização do processo RVCC, desenvolve-se o estudo empírico, centrado na análise das entrevistas dos 10 adultos participantes no RVCC, no Hospital Distrital de Faro (Portugal), com idades compreendidas entre os 41 e 60 anos de idade. Os participantes que freqüentaram este curso aumentaram os seus níveis de literacia e obtiveram o certificado do 9º ano de escolaridade. A análise das entrevistas mostrou que os participantes reconhecem como vantagens deste modelo a maior acessibilidade e flexibilidade face ao ensino regular. Referem ainda como vantagem o fato de ser um ensino mais individualizado e que valoriza as competências e experiências de vida dos participantes. Este estudo contribui para o entendimento sistêmico da aprendizagem e da participação: a aprendizagem, em todos os espaços/tempos da vida, é condição para a participação efetiva, em todas as esferas individuais e sociais da cidadaniamas, em si própria, a participação é já uma aprendizagem de vida.

Palavras-chave


Aprendizagem ao Longo da Vida; Registro, Validação e Certificação de Competências; Educação de Adultos; Cidadania; Identidade Ocupacional.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais