PREFÁCIO À 3ª EDIÇÃO PORTUGUESA DA PEDAGOGIA DO OPRIMIDO DA EDITORA AFRONTAMENTO

Luiza Cortesão

Resumo


A Pedagogia do Oprimido é uma obra de um pensador, corajoso, lúcido e criativo, um educador militante, consciente de dificuldades a enfrentar na batalha que procurava travar para que a Educação de instrumento de discriminação e dominação, passasse a ser instrumento de possível conscientização. Trata-se de um texto que, desde logo, explicita claramente opções políticas que o estruturam, ao plasmar, na primeira página, a dedicatória que faz "aos esfarrapados do mundo". Foi em um contexto político internacional e na situação em que o próprio Freire "estava sendo", que foi tendo lugar a gestação da Pedagogia do Oprimido. O tempo de a escrever foi longamente precedido de um tempo de "falar das ideias que serão fixadas no papel". A grande qualidade e os enormes efeitos sociais e educativos que esta obra desencadeou em nível internacional, suscitam realmente o interesse em se tentar desvendar algumas das condições que permitiram a sua produção.


Palavras-chave


Paulo Freire; Pedagogia do Oprimido; contexto

Texto completo:

PDF PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1809-3876.2018v16i4p1349-1357

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais