DIMENSÕES DA EMANCIPAÇÃO EM ABORDAGENS CRÍTICAS E PÓSCRÍTICAS DE CURRÍCULO

Angélica Araújo de Melo Maia

Resumo


Nesse trabalho são discutidos os sentidos atribuídos à categoria emancipação em abordagens críticas e pós-críticas de currículo, argumentando-se pela necessidade de se articular sentidos da emancipação mais adequados aos contextos sociais e educacionais da contemporaneidade. Tal argumento se justifica em função dos processos de produção de saberes e de culturas no mundo atual. Tais processos são caracterizados por um constante movimento de inclusão e exclusão de demandas, cujas fixações são contingentes e passíveis de desconstrução. Para exemplificar como a emancipação é pensada em perspectivas críticas e pós-críticas de currículo, utilizam-se as teorizações de Henry Giroux e Paulo Freire considerando as obras iniciais desses autores, por um lado, e as teorizações do sociólogo Ernesto Laclau por outro. Espera-se que o artigo venha a fornecer subsídios teóricos para trabalhos na área de currículo que se dirijam à análise de documentos e práticas curriculares inseridas no contexto histórico em que vivemos.

Palavras-chave


emancipação – currículo – abordagens críticas e pós-críticas

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais