CURRÍCULO PARA ESTRANGEIROS OU PARA HÓSPEDES? ALGUMAS CONTRIBUIÇÕES DE JAQUES DERRIDA PARA O PENSAMENTO CURRICULAR

Bonnie Axer

Resumo


Neste artigo procuro desenvolver um posicionamento a respeito do conceito de currículo para além da diferença, para tanto lanço mão das contribuições teóricas de autores do campo do currículo e do filósofo francês Jacques Derrida, que com uma perspectiva pós-estruturalista, me auxilia a pensar sobre este currículo que pretendo defender. Para tecer então este artigo, trago meu entendimento a cerca do currículo, pautada em autores importantes deste campo, que trazem leituras interessantes, como o conceito de currículo enquanto espaço-tempo de fronteira cultural (MACEDO, 2008) que me auxilia a ampliar e a fortalecer a minha visão deste artefato enquanto discurso relacional, híbrido e cultural Ou seja, faço aqi a defesa de um currículo que constantemente produz e reproduz sentidos híbridos e negociados, visto que concebo este currículo fundamentalmente como produção cultural. Com esta perspectiva trago reflexões com base na cultura mesclada com alguns conceitos de Derrida - tradução, desconstrução différance, e hospitalidade. É a partir das contribuições deste pensador, principalmente com a discussão de hospitalidade é que penso este currículo outro.

Palavras-chave


currículo; cultura; hospitalidade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais