A DIALÉTICA NEGATIVA ENQUANTO METODOLOGIA DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO: ATUALIDADES

Bruno Pucci

Resumo


Com o apoio de conhecidos estudiosos de epistemologias, metodologias e técnicas de pesquisa, como Thiollent, Sanchez Gamboa e Severino, este artigo se propõe a estudar elementos que constituem a metodologia da dialética negativa e suas contribuições para as pesquisas atuais na área das Ciências Humanas e Sociais, particularmente, na Educação. Inicialmente apresenta considerações sobre o conceito de Dialética negativa, nome de um dos principais livros de Theodor Adorno, publicado em 1966, mas cujo conceito se faz presente em ensaios e livros do pensador frankfurtiano desde os anos 1931. A Dialética negativa se constitui no diálogo com Hegel e, ao mesmo tempo, em contraposição à sua dialética idealista; a seguir, aborda dois elementos metodológicos que a constituem (são muitos): o duplo sentido do conceito e a ideia de constelação; e termina o texto com a análise de um modelo de utilização da metodologia da dialética negativa na educação, construído por Theodor Adorno, no ensaio Teoria da Semiformação.

Palavras-chave


Dialética negativa - Metodologia de pesquisa – Bildung - Teoria daSemiformação - Theodor Adorno

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais