A ESCOLA MODERNA E O PARADOXO FREIREANO

Glaurea Nádia Borges de Oliveira, Claudemiro Esperança Claudio

Resumo


Este texto se propõe a discutir, a partir do referencial freireano, os conceitos de autonomia, conscientização e práxis e as suas implicações para algumas questões educacionais contemporâneas. Para isso, apresentam-se inicialmente os significados que esses conceitos assumem e as relações que podem ser estabelecidas entre eles na teoria freireana. Em seguida, são abordados os fundamentos da escola na modernidade, que se originaram no contexto de transformações sociais, políticas e econômicas orientadas pelo capitalismo e que configuram, até os dias de hoje, as práticas e as relações que se efetivam no âmbito escolar. Por fim, evidenciam-se as implicações que os pressupostos freireanos apresentam à prática pedagógica dentro de uma conjuntura tão adversa, porém ambivalente, como a da escola moderna. Com base nessas análises, conclui-se que, conquanto a proposta freireana represente um paradoxo para a estrutura em que ainda está fundada a instituição educativa, é possível que seus princípios sejam concretizados p r meio do movimento de luta e de resistência de educadores progressistas, conscientes de seu compromisso político e empenhados na construção de uma educação mais democrática.

Palavras-chave


autonomia – conscientização – práxis – prática pedagógica – perspectiva freireana

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais