DISCURSIVIDADES CONTEMPORÂNEAS DA EMANCIPAÇÃO: EM UMA PROPOSTA CURRICULAR PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA NA CIDADE DE JOÃO PESSOA

Maria Zuleide da Costa Pereira

Resumo


Neste texto, o argumento central de análise parte da afirmativa de que as discursividades contemporâneas sobre a emancipação estão sendo interpretadas como um significante vazio. Essa afirmação é problematizada e justificada nos seus deslocamentos histórico e de significação, utilizando-se uma metodologia textual e discursiva, ancorada em Bauman (2001), Mouffe (2007), e Hall (2003) e Laclau (2005; 1996). Na primeira parte da exposição, é pontuado, sucintamente, o período moderno. Nele, abstrai-se o sentido literal da ‘emancipação’ e as discursividades que justificavam as impossibilidades de sua concretização. Na segunda parte do texto é caracterizado e pontuado, com mais detalhes, como se interpreta a passagem da modernidade para a pós-modernidade e os deslocamentos históricos e de significação da emancipação. Na terceira parte, analisou-se inicialmente, como essas discursividades estão presentes no campo da educação e das políticas curriculares, com ênfase na realidade brasileira, que nos anos iniciais da década de 80 iniciou seu processo de redemocratização. Posteriormente, no corpo da Proposta Curricular da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa, Estado da Paraíba – Brasil, construída no período de 1997- 2004, são abstraídos os pontos nodais que caracterizam a forma como essas discursividades estão sendo (re) inscritas. A conclusão do texto reafirma o argumento central d análise: a emancipação através dos seus deslocamentos históricos e de significação pode ser considerada um significante vazio.

Palavras-chave


emancipação – modernidade - pós modernidade - proposta curricular

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais