MÍDIAS DIGITAIS NA ESCOLA: A “ETERNA” FASE DE TRANSIÇÃO? APROPRIAÇÕES E PERSPECTIVAS ENCONTRADAS ENTRE ESTUDANTES E PROFESSORES

Maria Apparecida Campos Mamede-Neves, Luiz Alexandre da Silva Rosado, Tatiane Marques de Oliveira Martins

Resumo


O presente trabalho discute a visão de mestres e alunos quanto ao uso da internet e como os professores trabalham essa utilização na docência. Baseia-se nos resultados de três pesquisas de desenho qualitativo realizadas no Rio de Janeiro, Brasil, ouvindo a opinião de dois grupos de professores e um grupo de jovens adolescentes sobre o tema. Utiliza como pano de fundo um levantamento bibliográfico sobre mídias digitais e redes sociais em matérias publicadas em dois veículos de grande penetração no Brasil, Revistas Época e IstoÉ, entre janeiro de 2009 e abril de 2010. Quanto aos grupos de professores escolhidos, um constituiu-se sem qualquer preocupação de filtragem quanto ao uso do espaço digital na docência e o outro, com professores que já incluem, em suas práticas, o uso das mídias digitais. Quanto ao grupo de jovens, eram adolescentes que terminaram o ensino médio e que estavam a caminho da universidade.

Palavras-chave


Apropriação de mídias digitais; Práticas docentes; Perspectivas pedagógicas

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista e-Curriculum                                   e-ISSN 1809-3876

Indexadores:

Nacionais

              

 

Internacionais