Análise de um Software Educacional para aprendizagem de línguas: interpretação do ponto de vista da modificabilidade cognitiva estrutural e da interação Homem-computador

Gicele Vieira Prebianca, Vital Pereira dos Santos Junior, Kyria Rebeca Finardi

Resumo


O estudo analisa um software para o ensino de inglês como língua estrangeira reportando (i) a interação entre o software e o aprendiz, (ii) as operações cognitivas/mentais requeridas para execução das tarefas propostas pelo software, e (iii) as estratégias pedagógicas implementadas pelo software. Aspectos de ergonomia de software também são analisados para avaliar o grau de interatividade e usabilidade do software (Ergolist, 2011). Os resultados mostraram que o software tende a aplicar uma visão conteudista de ensino e a análise ergonômica revelou que os recursos didáticos utilizados pelo software atendem a maior parte dos critérios de usabilidade, requerendo poucas modificações.

Palavras-chave


software educacional; teoria da modificabilidade cognitiva estrutural; interação humano-computador

Texto completo:

PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X