Personagens infantis de tiras cômicas em suportes diversos: uma questão de circulação, aforização e estereotipia

Luciana Salazar Salgado, Márcio Antônio Gatti

Resumo


O objetivo deste artigo é abordar a questão da circulação de tiras cômicas em suportes diversos. Observando que esses textos, primeiramente publicados em jornais, estão presentes, também, em outros suportes textuais, defende-se, ao analisar sua publicação em coletâneas, que tal fato implica um certo impacto no modo como se percebe a instância autoral. Valendo-se do conceito de autoria, argumenta-se que uma coletânea de tiras representa uma possibilidade de entrada no mundo das Letras ao autor de tiras, fazendo com que a ele sejam atribuídos papéis e funções nas diversas dimensões autorais. Abordando, ainda, o uso de tiras cômicas com personagens infantis (ou de seus personagens) em uma rede social da Internet, argumenta-se que o funcionamento do estereótipo da criança incompleta nesse suporte textual sugere uma aproximação com o regime de enunciação aforizante, dado o uso peculiar que se faz desses personagens em tal rede social.

Palavras-chave


Análise do Discurso francesa; tiras cômicas; autoria; enunciação aforizante

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/delta.v29i0.19341

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X