Construção Identitária no Processo de Aprendizagem de Língua e Cultura em Autobiografia de Imigrante

Tania Regina de Souza Romero, Alysson Augusto S. Casais

Resumo


Este artigo discute o processo de construção identitária do docente de línguas, partindo de autobiografia de um professor de inglês, ex-imigrante nos E.U.A. Dentro de enquadre qualitativo, enfoca embates pessoais vivenciados durante a aprendizagem do inglês e de inserção na cultura estadunidense, bem como significações construídas em experiências docentes iniciais. Sustentam o estudo conceituações sobre a intricada natureza da identidade do professor de línguas (Barkhuizen, 2017) e o papel da agência para o desenvolvimento pessoal (Lantolf e Thorne, 2006). A narrativa é, ainda, analisada linguisticamente com base no Sistema de Avaliatividade. Resultados apontam o protagonismo das emoções na constituição identitária.


Palavras-chave


Identidade do docente de línguas; agência; autobiografias; avaliatividade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X