Luz, câmera e ação: cinema e anarquismo

Gustavo Simões

Resumo


A partir das experiências operárias anarquistas cinematográficas nas primeiras décadas do século XX e das afirmações ético-estéticas de Jean Vigo, o texto traça um percurso de experimentações livres com o cinema até a explosão das rupturas que marcaram 1968. 

Palavras-chave: cinema, anarquismo, 1968.

 

ABSTRACT:

The cinematographic experiences of the anarchist workers during the early decades of the XXth century, and Jean Vigoís ethics-aesthetics claims, trace in this article a path of free experimentation on cinema until the explosions and ruptures that marked 1968.

Keywords: cinema, anarchis, 1968. 

 


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.