Apostilas ou Livros Didáticos: uma análise no 3o ano do Ensino Médio

Laerte José Fernandes

Resumo


A educação brasileira muitas vezes é questionada sobre sua eficiência e
eficácia sobre as metodologias que são empregadas no ensino-aprendizagem.
Para melhorar suas posições no Índice de Desenvolvimento na Educação
Básica (IDEB) muitas prefeituras estão adotando a utilização do material
apostilado ao invés de permanecerem no Programa Nacional do Livro Didático
(PNLD), que distribui gratuitamente os Livros Didáticos aos municípios. Além
disso, várias escolas particulares, já adotam esses sistemas privados com a
intenção de um melhor resultado nos vestibulares e no Exame Nacional do
Ensino Médio (Enem). Este trabalho tem como objetivo comparar, de maneira
semelhante à realizada por Fonseca e Villela (2014), apostilas e livros didáticos
de Matemática do 3o ano do Ensino Médio, buscando responder se realmente
há vantagens ou desvantagens no ensino e na aprendizagem com a utilização
de Livros Didáticos ou a utilização de sistemas privados (Apostilas).


Palavras-chave


Livros Didáticos; Apostilas; PNLD; Ensino Médio

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Ensino da Matemática em Debate. ISSN ISSN 2358-4122

Indexadores:

    

  


Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional