T.I.C & profissionalização de professores de física. Abordagem metodológica no quadro teórico da A.S.TIC et la professionnalisation des enseignants des sciences physiques. Approche methodologique dans la cadre theorique de l'A.S.I.

Ana Marli Bulegon, Jean-Claude Régnier

Resumo


Este trabalho tem por objetivo apresentar alguns dados obtidos junto aos egressos do curso de Mestrado Profissionalizante em Ensino de Física e de Matemática do Centro Universitário Franciscano em relação ao tema Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e a profissionalização de professores de Física. Para a coleta de dados fez-se uso de um questionário, aplicado a todos os egressos do referido curso, de 2010 a 2011. Os resultados mostram que os egressos reconhecem a utilidade do uso das TIC em suas ati atividades docentes e tem elevado grau de interesse em aprender como usá-las, porém não se sentem competentes para usá-las em sala de aula.

This paper aims to present some data obtained from the graduated students of the Master of Vocational Education in Physics and Mathematics from the Franciscan University on the topic of Information and Communication Technologies (ICT) and the professionalization of teachers of physics. The data collection was done using a questionnaire applied to all graduated students of that course, 2010-2011. The results have showed that the graduated recognize the usefulness of ICT in their teaching activities and have high degree of interest in learning how to use them, but do not feel competent to use them in the classroom.

Palavras-chave


TIC, Ensino de Física, Hipermídia na Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. E. B. de. Tecnologias na Educação: dos caminhos trilhados aos atuais desafios. Boletim de Educação Matemática, Rio Claro, n. 29, p. 99-129, 2008.

_________. Informática e formação de professores. Cadernos Informática para a Mudança em Educação. Ministério da Educação. Secretária de Educação à Distância. Pronfo, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília, 1999.

BRASIL, Ministério da Educação/Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: introdução. Brasília: MEC/SEF, 2000.

BRIZZI, M. L. S. A educação em Física mediada pelo computador. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 2000.

CAVALCANTE, M. A.; BONIZZIA, A.; GOMES, L. C. P. O ensino e aprendizagem de Física no Século XXI: sistemas de aquisição de dados nas escolas brasileiras, uma possibilidade real. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 31, n. 4, p. 4501-1-4501-6, 2009.

CHAVES, E. O. C. PROINFO: Tecnologia e Educação: o futuro da escola na sociedade da informação. Secretaria de Educação a Distância. Brasília: Ministério da Educação, 1998.

CHIZZOTTI, A. A pesquisa em ciências humanas e sociais. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

COUTURIER, R.; BODIN, A.; GRAS, R. A Classificação Hierárquica e Implicativa e Coesiva. 2009.

Disponível em: , Acesso em: 20/03/2011.

FIOLHAIS, C.; TRINDADE, J. Física no Computador: o Computador como uma Ferramenta no Ensino e na Aprendizagem das Ciências Físicas. Revista Brasileira de Ensino de Física, Porto Alegre, v.25, n.3, p. 259-272, 2003.

GRAS, R., REGNIER, J.-C., MARINICA, C., GUILLET, F. (Eds) Analyse Statistique Implicative. Méthode exploratoire et confirmatoire à la recherche de causalités. Toulouse : Cépadues, 2013.

GRAS R., RÉGNIER J.-C., GUILLET F. (Eds) Analyse Statistique Implicative. Une méthode d'analyse de données pour la recherche de causalités. RNTI-E-16 Toulouse : Cépaduès, 2009.

JONASSEN, D. O uso das novas tecnologias na educação a distância e a aprendizagem construtivista. Revista: Em Aberto, Brasília, ano 16, n.70, p.80-88, abr/jun. 1996b.

LEFFA, V. J. Uma ferramenta de autoria para o professor: o que é e o que faz. Porto Alegre: Letras de Hoje, v. 41, n. 144, p. 189 – 214, 2006.

PIRES, M. A.; VEIT, E. A. Tecnologias de Informação e Comunicação para ampliar e motivar o aprendizado de Física no Ensino Médio. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 28, n. 2, p. 241-248, 2006.

PONTE, J. P. As TIC no início da escolaridade: Perspectivas para a formação inicial de professores. In.: PONTE, J. P. (Org.) A formação para a integração das TIC na educação pré-escolar e no 1º ciclo do ensino básico. Caderno de Formação de Professores. Porto: Porto Editora, 2002.

PRETTO, V. Construction des connaissances en situations d’exclusion sociale et questions de genre. Construção de conhecimentos em situações de exclusão social e questões de gênero. Tese de doutorado. Doctorat en cotutelle en Sciences de Education – Université Lyon2 – France (Directeur Professeur Jean-Claude Régnier) et em Educação – UNISINOS – Brésil (Directeur Professor Danilo Romeu Streck), 2009.

ROQUE, G. O. B; PEDROSA, S. M. P. de A.; CAMPOS, G. H. B. de Ferramentas 2.0 e formação de professores: desenvolvendo competências. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, 17, Manaus: ABED, 2011. Disponível em:

http://www.abed.org.br/congresso2011/cd/177.pdf Acesso 31 jan 2012.

ROSA, P. R. S. O uso de computadores no Ensino de Física. Parte I: Potencialidade e Uso Real. Revista Brasileira de Ensino de Física, Porto Alegre, v.17, n.02, p. 182-195, 1995.

TAROUCO, L. M. R.; FABRE, M. C. J. M.; GRANDO, A. R. S.; KONRATH, M. L. P. Objetos de Aprendizagem para M-Learning. Florianópolis: SUCESU - Congresso Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação. 2004. Disponível em

Acesso em 12.01.2010.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA