A Construção de Cyberproblemas por Estudantes do 6° ano no Contexto da Educação Financeira
The Cyberproblems Construction by 6TH Grade Students in the Context of Financial Education

Luciana Moreira Rêgo, Mauricio Rosa, Ana Teresa de C. C. de Oliveira

Resumo


Resumo

Nesse artigo discutimos alguns resultados de uma pesquisa qualitativa que envolveu o uso de Tecnologias Digitais (TD) e a proposição de problemas por alunos de 6º ano de uma escola no Rio de Janeiro (RJ). Investigamos “Como se mostra o desenvolvimento de possíveis Cyberproblemas à produção do conhecimento matemático de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental (EF) em relação à educação financeira?”. Nesse artigo, especificamente, analisamos o que no estudo foi categorizado como Em Agency. Como principais resultados, podemos destacar que a educação financeira pôde ser introduzida no EF como uma forma de dar sentido a cálculos com números decimais, ampliando significativamente os possíveis sentidos atribuídos às taxas cambiais, ao mercado internacional e à matemática subjacente a esses assuntos.

 

Abstract

In this article we discuss some results of a qualitative research that involved the use of Digital Technologies (DT) and the proposition of problems by students from 6th grade at a school in Rio de Janeiro (RJ). We investigate "How is it shown the development of possible Cyberproblems to the production of mathematical knowledge of students of the 6th year of elementary school in relation to financial education?" In this article, specifically, we look at what the study was categorized as in Agency. The main results, we can highlight that financial education through the proposition of possible Cyberproblems could be introduced in the Fundamental School as a way to make sense of calculations with decimal numbers, significantly increasing the possible meanings attributed to foreign exchange rates, the international market, the mathematics behind these issues.


Palavras-chave


Educação Matemática; Ciberespaço; Proposição de Problemas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALLEVATO, N. S. G. . O Computador e a Aprendizagem Matemática:Reflexões sob a Perspectiva da Resolução de Problemas. In: I SERP-I Seminário em Resolução de Problemas, 2008, Rio Claro. Anais do I SERP. Rio Claro: Unesp, 2008. v. Único. p. 1-19.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. (3º e 4º ciclos do ensino fundamental). Brasília: MEC, 1998.

DALLA VECCHIA, R. . A Modelagem Matemática e a Realidade do Mundo Cibernético. 2012. 275 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro, 2012.

DALLA VECCHIA, R.; MALTEMPI, M. V. . O CONCEITO DE PROBLEMA EM MODELAGEM MATEMÁTICA NA REALIDADE DO MUNDO CIBERNÉTICO. V seminário internacional de pesquisa em educação matemática. Petrópolis, outubro de 2012.

ESQUINCALHA, A. C.; PINTO, G. M. F. . Formação de professores para a educação financeira de jovens e adultos. Boletim GEPEM (Online), p. 66-78, 2015.

HERMINIO, P. H. Matemática financeira: um enfoque da resolução de problemas como metodologia de ensino e aprendizagem. 2008. 234 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2008. Disponível em:

KOHN, K; MORAES, C. H. . O impacto das novas tecnologias na sociedade: conceitos e características da Sociedade da Informação e da Sociedade Digital. XXX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Santos, setembro de 2007

LÉVY, P. Cibercultura. Tradução: Carlos Irineu da Costa. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2000.

LIMA, C. B.; SÁ, I. P. de. Matemática financeira do Ensino Fundamental. Revista TECCEN: Universidade Severino Sombra, v.3, n.1, abril de 2010.SEIDEL, D. J. .Produção do Conhecimento Matemático Online: a resolução de um problema com o Ciberespaço. Boletim GEPEM, v. 58, p. 89-114, 2011.

MENEZES, L. C. de. Trabalho e visão de mundo: Ciência e tecnologia na formação de professores. Revista Brasileira de Educação. Universidade de São Paulo, Espaço Aberto, p.75-81, 1998.

PAPERT, S. . A máquina das crianças: repensando a escola na era da informática. Seymour Papert (1993); tradução Sandra Costa. ed. rev., Porto Alegre: Artmed, 2008.

RABELO, E. H. . Textos matemáticos: produção, interpretação e resolução de problemas. 3. ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2002.

ROSA, M. . A Construção de Identidades Online por meio do Role Playing Game: relações com ensino e aprendizagem de matemática em um curso à distância. 2008. 263 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) -Instituto de Geociências e Ciências Exatas.Universidade Estadual Paulista, Rio Claro/SP, 2008.

ROSA, M. ; VANINI, L. ; SEIDEL, D. J. .Produção do Conhecimento Matemático Online: a resolução de um problema com o Ciberespaço. Boletim GEPEM, v. 58, p. 89-114, 2011.

SILVA, B. V. A. da; BAIRRAL, M. A. . De antenas parabólicas a redes sociais: um foco nas tecnologias e inclusão social.VIII Seminário Internacional As Redes Educativas e as Tecnologias: Movimentos Sociais e Educação. Junho de 2015.

SILVA, A. M. da; POWELL, A. B. . Um programa de educação financeira para a matemática escolar da educação básica. Anais do XI Encontro Nacional de Educação Matemática. Curitiba. 2013.

VALENTE, J. A. . Pesquisa, comunicação e aprendizagem com o computador. Disponível em: . Acesso em 25 de fevereiro de 2014.

VALENTE, J. A. . Por Quê o Computador na Educação? Computadores e conhecimento: repensando a educação. Campinas: Unicamp/Nied (1993): 24-44.

VANINI, L.; ROSA, M.; JUSTO, J. C. R.; PAZUCH, V. . Cyberformação de Professores de Matemática: olhares para a dimensão tecnológica/Cybereducation of Mathematics Teachers: Views to technological dimension. Acta Scientiae, Canoas, v.15, n.1, p.153-171, jan./abr. 2013.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2017v19i2p47-73

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA