Integração de conhecimentos matemáticos nas aritméticas editadas para as escolas paroquiais luteranas do século XX no RS
Integration of mathematical knowledge in the arithmetic edited to the lutheran parochial schools the 20TH century in RS

Malcus Cassiano Kuhn, Arno Bayer

Resumo


Resumo

O artigo tem por objetivo discutir a integração de conhecimentos matemáticos nas aritméticas editadas pela Igreja Luterana para suas escolas, no século XX no Rio Grande do Sul. O Sínodo de Missouri iniciou sua missão nas colônias alemãs gaúchas em 1900, fundando congregações religiosas e escolas paroquiais. Estas buscavam ensinar a língua materna, a matemática, valores culturais, sociais e religiosos. Baseando-se na história cultural, analisaram-se as aritméticas da série Ordem e Progresso e da série Concórdia, identificando-se a integração entre conhecimentos de aritmética; aritmética e geometria; aritmética, geometria e álgebra. Evidenciou-se a integração entre conhecimentos envolvendo números decimais e unidades de medida do sistema métrico.

Abstract

The article presents a historical study, based on the cultural history, that aims to discuss the integration of mathematical knowledge in the arithmetic edited by the Lutheran Church to their parochial schools of the 20th century in Rio Grande do Sul. The Lutheran parochial schools were inserted on a missionary and community project that sought to teach the mother tongue, mathematics, cultural, social and, mainly, religious values. It analyzed the arithmetic of the Order and Progress series and of the Concordia series, identifying the integration between knowledge of arithmetic; arithmetic and geometry; arithmetic, geometry and algebra. It evidenced the integration between knowledge involving decimals numbers and measure units of the metric system, contextualized with socio-cultural practices and the daily life of the students.



Palavras-chave


Integração de Conhecimentos Matemáticos; Livros de Aritmética; Escolas Paroquiais Luteranas Gaúchas.

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, I. C. (2008). Educação, religião e identidade étnica: o Allgemeine Lehrerzeitung e a escola evangélica alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Oikos.

______. (2005). Representações de Germanidade, Escola e Professor no Allgemeine Lehrerzeitung Für Rio Grande do Sul [Jornal Geral para o Professor no Rio Grande do Sul]. Tese de doutorado em História, Programa de Pós-Graduação em História, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo.

______. (2006). Representações de germanidade no jornal Allgemeine Lehrerzeitung für Rio Grande do Sul. Revista de História, UFES, v. 18, pp. 104-138.

BRITO, S. L.; BAYER, A. (2013). A educação matemática nas escolas dos jesuítas no Rio Grande do Sul. In: Anais do VI Congresso Internacional de Ensino da Matemática. Canoas: ULBRA.

CHARTIER, R. (1990). A História Cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel.

GOERL, O. A. [194-]. Série Concórdia: Segunda Aritmética. Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia.

KREUTZ, L. (2001). Educação no Brasil: história e historiografia. Sociedade Brasileira de História da Educação. Campinas: Editores Associados.

______. (1984). Escolas da imigração alemã no Rio Grande do Sul: perspectiva histórica. In: MAUCH, C.; VASCONCELLOS, N. (Org.). Os alemães no sul do Brasil: cultura, etnicidade e história. Canoas: Ed. ULBRA, pp. 148-161.

______. (2008). Livros escolares e imprensa educacional periódica dos imigrantes alemães no Rio Grande do Sul, Brasil 1870-1939. Revista Educação em Questão, Natal, v. 31, n. 17, pp. 24-52, jan./abr.

______. (1994). Material didático e currículo na escola teuto-brasileira. São Leopoldo: Ed. UNISINOS.

______. (1991). O professor paroquial: magistério e imigração alemã. Porto Alegre: Ed. da UFRGS; Caxias do Sul: EDUCS.

______, L.; ARENDT, I. C. (Org.). (2007). Livros escolares das escolas de imigração alemã no Brasil (1832-1940). Acervo documental e de pesquisa, Biblioteca UNISINOS. São Leopoldo. 3 CD-ROM.

KUHN, M. C. (2015). O ensino da matemática nas escolas evangélicas luteranas do Rio Grande do Sul durante a primeira metade do século XX. Tese de doutorado em Ensino de Ciências e Matemática, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Universidade Luterana do Brasil, Canoas.

LEMKE, M. D. (2001). Os princípios da educação cristã luterana e a gestão de escolas confessionárias no contexto das ideias pedagógicas no sul do Brasil (1824 – 1997). Canoas: Ed. ULBRA.

MAURO, S. (2005). Uma história da matemática escolar desenvolvida por comunidades de origem alemã no Rio Grande do Sul no final do século XIX e início do século XX. Tese de doutorado em Educação Matemática, Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro.

RAMBO, A. B. (1994). A Escola comunitária teuto-brasileira católica. São Leopoldo: Ed. UNISINOS.

______. (1996). A escola comunitária teuto-brasileira católica: a associação de professores e a escola normal. São Leopoldo: Ed. UNISINOS.

ROCHE, J. (1969). A Colonização Alemã e o Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora Globo. v. 1 e v. 2.

SÉRIE Concórdia: Segunda Aritmética. (1948). Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia.

SÉRIE Concórdia: Terceira Aritmética. (1949). Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia.

SÉRIE Ordem e Progresso: Terceira Arithmetica. [193-]. Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia.

SILVA, C. M. S. (2015). A aritmética de Matthäus Grimm no boletim informativo da associação de professores católicos da imigração alemã no Rio Grande do Sul. In: Anais do XII Seminário Temático - Saberes Elementares Matemáticos do Ensino Primário (1890 - 1970): o que dizem as revistas pedagógicas? (1890 – 1970). Curitiba: PUCPR.

______. (2014). Friedrich Bieri e a matemática para o ensino primário nas escolas teuto-brasileiras. In: XI Seminário Temático - A Constituição dos Saberes Elementares Matemáticos: A Aritmética, a Geometria e o Desenho no curso primário em perspectiva histórico-comparativa, 1890-1970. Florianópolis: UFSC.

UNSERE SCHULE. (1933-1935). Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia.

VALENTE, W. R. (2007). História da Educação Matemática: interrogações metodológicas. REVEMAT – Revista Eletrônica de Educação Matemática, UFSC, v. 2.2, pp. 28-49.

WANDERER, F. (2007). Escola e Matemática Escolar: mecanismos de regulação sobre sujeitos escolares de uma localidade rural de colonização alemã no Rio Grande do Sul. Tese de doutorado em Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo.

WARTH, C. H. (1979). Crônicas da Igreja: Fatos Históricos da Igreja Evangélica Luterana do Brasil (1900 a 1974). Porto Alegre: Concórdia.

WEIDUSCHADT, P. (2012). A revista “O Pequeno Luterano” e a formação educativa religiosa luterana no contexto pomerano em Pelotas – RS (1931-1966). Tese de doutorado em Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo.

______. (2007). O Sínodo de Missouri e a educação pomerana em Pelotas e São Lourenço do Sul nas primeiras décadas do século XX: identidade e cultura escolar. Dissertação de mestrado em Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2017v19i2p145-166

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA