O estado da arte da teoria dos registros de representação semiótica na educação matemática
State of the art theory of semiotics representation registers in mathematics education

Helaine Maria de Souza Pontes, Celia FIinck Brandt, Ana Luiza Ruschel Nunes

Resumo


O objeto de estudo deste trabalho de investigação consiste em saber como a Teoria dos Registros de Representação Semiótica se evidencia nas pesquisas científicas brasileiras, portanto tem como objetivo revelar o nível de abrangência, objeto matemático, procedimentos metodológicos e aspectos da teoria de Duval mais recorrentes nestas pesquisas. Desta forma, trata-se de uma pesquisa bibliográfica com delineamento do estado da arte. Os resultados apresentados demonstram a predominância da Educação Básica; a variedade dos objetos matemáticos; o destaque tanto das Sequências Didáticas quanto das Atividades Matemáticas como procedimentos metodológicos utilizados e as transformações de tratamento e conversão como aspectos da teoria de Duval mais evidentes nas pesquisas mapeadas.

 

The object of study of this research is how the Theory of Semiotics Representation Registers is evident in Brazilian scientific research therefore aims to reveal the level of coverage, mathematical object, methodological procedures and aspects of Duval most prevalent theory in these research. In this way, it is a bibliographical research design with state of the art. The results show the predominance of Basic Education; the variety of mathematical objects; the highlight of both sequences as Teaching of Mathematics activities as methodological procedures used and the treatment and conversion transformations as aspects of the more obvious Duval theory most evident in the mapped research.

 


Palavras-chave


Educação Matemática; Teoria dos Registros de Representação Semiótica; Estado da Arte

Texto completo:

PDF

Referências


BRANDT, C. F; MORETTI, M.. O cenário da pesquisa no campo da educação matemática à Luz da Teoria dos Registros de Representação Semiótica. Perspectiva da Educação Matemática. Campo Grande, v. 7, n. 13, p. 22-37. 2014.

BURAK, D.. Modelagem matemática: ações e interações no processo de ensino e aprendizagem. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 1992.

__________. Uma perspectiva de modelagem matemática para o ensino e a aprendizagem da matemática. In.: BRANDT, Celia Finck; BURAK, Dionísio; KLÜBER, Tiago Emanuel. (Org.). Modelagem matemática: uma perspectiva para a educação básica. Ponta Grossa: UEPG, 2010. (p. 15-38).

BURAK, D.; BRANDT. C. F.. Modelagem matemática e representações semióticas: contribuições para o desenvolvimento do pensamento algébrico. Zetetiké – Revista de Educação Matemática. Campinas, v. 18, n. 33, p. 63-102, jan/jun. 2010.

CASTRO, E. E.. Um estudo exploratório das relações funcionais e suas representações no terceiro ciclo do Ensino Fundamental. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.

COLOMBO, J. A. A.; FLORES, C. R; MORETTI, M. T.. Registros de representação semiótica nas pesquisas brasileiras em educação matemática: pontuando tendências. Zetetiké – Revista de Educação Matemática, Campinas, v. 16, n. 29, p. 41-72, jan./jun. 2008.

DUVAL, R.. Semiosis y pensamento humano: registros semióticos y aprendizajes intelectuales. Tradução Myriam Veja Restrepo. 2. Ed. Colômbia: Peter Lang S.A, 2004.

__________. Semiósis e pensamento humano: Registros semióticos e aprendizagens intelectuais. Tradução Lênio Fernandes Levy e Marisa Rosâni Abreu da Silveira. 1. Ed. São Paulo: Livraria da Física, 2009. (Fascículo I).

__________. Ver e ensinar a matemática de outra forma. Entrar no modo matemático de pensar: os registros de representação semióticas. Tradução Marlene Alves Dias.1. Ed. São Paulo: PROEM, 2011.

__________. Quais teorias e métodos para a pesquisa sobre o ensino da matemática? Práxis Educativa. Ponta Grossa, v. 7, n. 2, p. 305-330. 2012a.

_________. Diferenças semânticas e coerência matemática: introdução aos problemas de congruência. Revemat: Revista Eletrônica de Educação Matemática, Florianópolis, v. 07, n. 1, p.97-117,.2012b. Trad. Méricles Thadeu Moretti.

__________. Entrevista: Raymound Duval e a Teoria dos Registros de Representação Semiótica. Revista Paranaense de Educação Matemática - RPEM, Campo Mourão, v.2, n.3, jul-dez. 2013. Entrevista concedida a FREITAS, J. L. M. de; REZENDE, V.

FELIX, A. C. M.. Estudo dos registros de representação semiótica mediados por um objeto de aprendizagem. Dissertação (Mestrado) -Universidade Estadual de Londrina. Londrina, 2014.

FERRAZ, M. D. D.. Representações gráficas: conhecimentos mobilizados por alunos do Ensino Médio na compreensão e análise contidas em gráficos. Dissertação (Mestrado). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2010

FERREIRA, N. S. A.. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade. Campinas, Ano XXIII, n. 79, p. 257-272, agosto. 2002.

FERREIRA, F. A.; SANTOS, C. A. B.; CURI, E.. Um cenário sobre pesquisas brasileiras que apresentam como abordagem teórica os registros de representação semiótica. Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana. Recife, v. 4, n. 2, p. 1-14. 2013.

JORDÃO, A. L. I. Um estudo sobre a função algébrica e gráfica de Sistemas Lineares 3x3 no 2º ano do Ensino Médio. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2011.

LUTZ, M. R.. Uma sequência didática para o ensino de estatística a alunos do Ensino Médio na modalidade PROEJA. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: 2012.

MORETTI, M. T., THIEL, A.A.. O ensino da matemática hermético: um olhar crítico a partir dos registros de representação semiótica. Práxis Educativa. Ponta Grossa, v. 7 n. 2, p. 379 – 396, 2012.

PATRÍCIO, R. S.. As dificuldades relacionadas à aprendizagem do conceito de vetor à luz da teoria dos registros de representação semiótica. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará. Belém: 2012

SALGUEIRO, N. C. G. Como estudante do Ensino Médio lidam com registros de representação semiótica de funções. Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual de Londrina. Londrina, 2011.

SANTOS, R. S. dos. Analisando as estratégias utilizadas pelos alunos da rede municipal do recife na resolução de questões do SAEPE sobre números racionais. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2011.

SILVA, A. B. da. Triângulos nos livros didáticos de matemática dos anos iniciais do Ensino Fundamental: um estudo sob a luz da teoria dos registros de representação semiótica. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2014.

SILVA, K. A. P. da. Uma interpretação semiótica de atividades de modelagem matemática : implicações para a atribuição de significado. Tese (Doutorado). Universidade Estadual de Londrina. Londrina, 2013.

TORTOLA. E.. Os usos da linguagem em atividades de modelagem matemática nos anos iniciais do ensino fundamental. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual de Londrina. Londrina, 2012.

VIANA, O. A.; BOIAGO, C. E. P.. Registros de representação semiótica em atividades de desenho geométrico no GeoGebra. REVEMAT – Revista Eletrônica de Educação Matemática. Florianóplos, v. 10, n. 1, p. 162-182, 2015. Dispoível em . Acesso em: 14/07/2016.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2017v19i1p297-325

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA