Sequência de intervenção: uma alternativa para o processo de ensino e aprendizagem de Estatística para os anos iniciais de escolarização
Sequence of intervention: an alternative to the process of teaching and learning Statistics for the initial years of schooling

Rúbia Juliana Gomes Fernandes, Guataçara dos Santos Junior, Rudolph dos Santos Gomes Pereira

Resumo


Resumo

O objetivo deste trabalho é divulgar um fragmento de uma pesquisa de mestrado sobre as contribuições de uma Sequência de Intervenção (SI) para o processo de ensino e aprendizagem da Estatística para os anos iniciais de escolarização. Com o intuito de atingir o objetivo apresentado, foi desenvolvida uma pesquisa numa turma de alunos do 4º Ano do Ensino Fundamental de uma escola da Rede Municipal de Curitiba. Para tal, foi trabalhada uma sequência de intervenção direcionada aos conteúdos básicos de Estatística. A metodologia utilizada na pesquisa é aplicada, descritiva e os resultados foram analisados na perspectiva qualitativa. Ao analisar os resultados advindos do desempenho dos alunos durante a execução dessa proposta pedagógica, percebeu-se um avanço significativo quanto à aquisição dos conteúdos, conhecimentos e saberes envolvendo Estatística.

Abstract

The purpose of this paper is to disseminate a fragment of a master's research on the contributions of a sequence of intervention (IS) to the teaching and learning process of statistics for the initial years of schooling. In order to reach the objective presented, a research was developed in a class of students of the 4th Year of Elementary Education of a school of the Curitiba Municipal Network. For this, a sequence of intervention directed to the basic contents of Statistics was worked out. The methodology used in the research is applied, descriptive and the results were analyzed in the qualitative perspective. In analyzing the results of students' performance during the execution of this pedagogical proposal, a significant advance was made in the acquisition of contents, knowledge and knowledge involving Statistics.


Texto completo:

PDF

Referências


ARAUJO, G. E. O tratamento da informação nas séries iniciais uma proposta de formação de professores para o ensino de gráficos e tabelas. 2008. 178. f. Dissertação –Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis (SC).

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: matemática. Brasília: MEC/SEF, 1997.

_______.Programa Nacional do Livro Didático do Ensino Fundamental. PNLEM - 2009. Brasília: MEC/SEB, 2008.

CAMPOS, C. R. A Educação estatística: uma investigação acerca dos aspectos relevantes à didática da estatística em cursos de graduação. 2007. 242 f. Tese de (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2007.

______. WODEWOTZKI, M. L. L. A didática da estatística: soluções para a sala de aula. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA - CIBEM, 5., 2005, Actas... Porto (POR), 2005.

CAZORLA, I. M. Tratamento da Informação para o ensino fundamental e médio. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 9., 2006. Anais... Belo Horizonte: ENEM, 2006.

CAZORLA, I. M. A relação entre a habilidade viso-pictórica e o domínio de conceitos estatísticos na leitura de gráficos. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas. Campinas (SP), 2002.

__________.Tratamento da informação na educação básica. In: III CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DE MATEMÁTICA, 3., 2005. Anais... Canoas (RS), Universidade Luterana do Brasil, 2005.

CAZORLA, I. M; OLIVEIRA, S.M. Para saber mais. In: CAZORLA, I. M; SANTANA, E. (Org.). Do tratamento da informação ao letramento estatístico. Itabuna (BA): Via Litterarum, 2010.

CAZORLA, I.; UTSUMI, C. M. Reflexões sobre o ensino da estatística na educação básica. In: CAZORLA, Irene; S. E. (Org.) Do tratamento da informação ao letramento estatístico. Itabuna (BA): Via Litterarum, 2010.

CAZORLA, I. M.; SILVA, C.; VENDRAMINI, C.; BRITO, M. (2009). Adaptação e validação de uma escala de atitudes em relação à estatística. Anais da conferência : experiências e perspectivas do ensino da estatística, Florianópolis, Santa Catarina, 45-57.

COLL, C.; TEBEROSKY, A. Aprendendo matemática: conteúdos essenciais para o ensino fundamental de 1ª a 4ª séries. São Paulo: Ática, 2000.

FREITAS, E. M. B. Relações entre mobilização dos registros de representação semiótica e os níveis de letramento estatístico com duas professoras. 2010. 217 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2010.

GAL, I. Adult’s statistical literacy: meanings, components, responsabilities. International Statistical Review, v.70, n.1, p.1-25, 2002. Disponível em: . Acesso em: 27 jun. 2016.

GARFIELD, J. B. The Challenge Statistical Reasoning. Journal of Statistics Education, v.10, n.3, 2002. Disponível em: . Acesso em: 12 out. 2016

LOPES, C.A.E. O conhecimento profissional dos professores e suas relações com estatística e probabilidade na educação infantil. 2003. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

MEDICI, M. A construção do pensamento estatístico: organização, representação e interpretação de dados por alunos da 5ª série do ensino fundamental. 2007. 127 f. Dissertação - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo (SP), 2007.

MORAIS, M. T. Um estudo sobre o pensamento estatístico: Componentes e Habilidades. 2006. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.

RUMSEY, D. J. Statistical literacy as a goal for introductory statistc courses. Journal of Statistics Education, v.10, n.3, nov. 2002. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2015.

SILVA, C.B. Pensamento estatístico e raciocínio sobre variação: um estudo com professores de matemática. 2007. 104 p. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo (SP), 2007.

WALICHINSKI, D. Contextualização no ensino de estatística: uma proposta para os anos finais do Ensino Fundamental. 2012. Dissertação (Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia). Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Ponta Grossa, 2012.

WATSON, J. M. Assessing statistical thinking using the media. In.: GAL, I.; GARFIELD, J. B. (Eds.). The assessment challenge in statistics education. Minnesota (USA): IOS Press, 1997. p.107-121.

WILD, C.; PFANNKUCH, M. Qué es el Pensamiento Estadístico? In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON TEACHING OF STATISTICS, 5., 2005. Proceedings... Singapore, 2005. v. 1.

WODEWOTZKI, M. L. L.; JACOBINI, O. R. A modelagem matemática aplicada no ensino de estatística em cursos de graduação. Bolema, Rio Claro (SP), v.14, p.47-68, 2011.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2017v19i2p365-386

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA