A história da matemática contribuindo para a formação de professores indígenas: um olhar sobre a perspectiva sociocultural
The history of mathematics contributing to the formation of indigenous teachers: a glimpse at the sociocultural perspective

Jonisario Littig, Leonardo Correia Alves, Lidiane Lahass

Resumo


Resumo

Esse artigo analisa relatos de formadores de professores indígenas realizado em dezembro de 2014 no município de Aracruz – ES. O curso foi oferecido por meio do projeto “Saberes indígenas”. O artigo objetiva explicitar as contribuições da história da matemática e as representações desse grupo cultural para a formação de seus professores. A metodologia, qualitativa, foi desenvolvida a partir de intervenções por meio do curso de formação. Os instrumentos de coleta de dados foram diários de bordo e entrevista com os formadores. Os resultados apontam as dificuldades de relacionar as representações culturais à matemática apresentada no curso. Concluímos que contemplar a história da matemática desse grupo no curso de formação pode contribuir na construção de conceitos matemáticos e na prática docente.

Abstract

This article analyzes reports of trainers of indigenous teachers achieved in December 2014 in the city of Aracruz - ES. The course was offered through the project "Indigenous Knowledge". The article aims to make explicit the contributions of the history of mathematics and the representations of this cultural group to the formation of its teachers. The qualitative methodology was developed from interventions through the training course. The instruments of data collection were logbook and interview with the trainers. The results point out the difficulties of relating the cultural representations to the mathematics presented in the course. We conclude that contemplating the history of mathematics in this group in the training course can contribute to the construction of mathematical concepts and teaching practice.


Palavras-chave


História da Matemática; Formação de professores indígenas; Perspectiva Sociocultural.

Texto completo:

PDF

Referências


BISHOP, A. J. Enculturación matemática: la educación matemática desde uma perspectiva cultural. Buenos Aires: Editorial Paidós, 1999.

D’AMBRÓSIO, U. Etnomatemática: elo entre as tradições e a modernidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

D’AMBRÓSIO, U. Educação matemática: da teoria à prática. Campinas: Papirus, 2002.

D’AMBRÓSIO, Ubiratan. Tendências e perspectivas historiográficas e novos desafios na História da Matemática e na Educação Matemática. Educação Matemática em Pesquisa, v. 14, n.3, p. 336-347. São Paulo, 2012.

GRAMSCI, Antonio. Concepção dialética da história. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. 8 ed. Rio de Janeiro: civilização brasileira, 1989.

LE GOFF, Jaques. História e memória. Tradução de Bernardo Leitao. 6 ed. Campinas: UNICAMP, 2012.

MIGUEL, Antonio; MIORIM, Maria Ângela. História na Educação Matemática: propostas e desafios. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

NACARATO, Adair. Educação continuada sob a perspectiva da pesquisa-ação: currículo em ação de um grupo de professoras ao aprender ensinando geometria. Tese (doutorado). UNICAMP, 2000.

ROSSI, Paola. O passado, a memória, o esquecimento: seis ensaios da história das ideias. Tradução de Nilson Moulin. São Paulo: UNESP, 2010.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2017v19i2p409-420

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA