A abordagem de interpretação global no ensino e na aprendizagem das superfícies quádricas
The global interpretation approach in the teaching and learning of quadric surfaces

Sérgio Florentino da Silva, Méricles Thadeu Moretti

Resumo


Neste trabalho analisamos o ensino e a aprendizagem das superfícies quádricas (não cilíndricas e não degeneradas) na perspectiva da Teoria dos Registros de Representações Semióticas de Raymond Duval, principalmente, no que diz respeito à abordagem de interpretação global de propriedades figurais. Indicamos as articulações semio-cognitivas envolvendo os registros em língua natural, cartesiano e simbólico de maneira explícita, modo não encontrado em livros didáticos consultados. Além dessas articulações, em especial, sugerimos o recurso das interseções com planos articulado à ideia de que os valores visuais dependem ou são condicionados ao conjunto e à combinação das unidades significantes simbólicas da equação correspondente, o que é fundamental para a reconhecimento dos diferentes casos de quádricas ou de uma quádrica em diferentes posições. Com isso pensamos contribuir ainda mais para o estudo do reconhecimento das quádricas, acrescentando, com o uso do Geogebra, as reflexões que permitem que as análises feitas para uma quádrica em uma das posições denominada, em livros didáticos, de posição padrão poderão ser estendidas a essa mesma quádrica em suas outras posições. Veremos que elementos semio-cognitivos discutidos neste trabalho trazem novas contribuições para o estudo da identificação das quádricas.


In this work we analyze the teaching and learning of quadric (non-cylindrical and non-degenerated) surfaces from the perspective of Raymond Duval's Theory of Semiotic Representations, especially with regard to the global interpretation approach of figurative properties. We indicate the semi-cognitive articulations involving the natural, cartesian and symbolic language registers in an explicit way, a method not found in accessed textbooks. In addition to these articulations, in particular, we suggest the use of intersections with concepts linked to the idea that visual values depend or are conditioned on the set and the combination of the symbolic units of the corresponding equation, which is essential for the recognition of the different cases of quadrics or a quadric in different positions. With this in mind, we intend to contribute even more to the study of quadric recognition, adding, with the use of a GeoGebra, that the reflections that allow the analyzes made for a quadric in one of the positions denominated, in textbooks, as standard position, can be extended to this same quadric in its other positions. We will notice that the semi-cognitive elements discussed in this work bring new contributions to the study of quadrics identification. As a result of this path, we can semiotically understand why the symbolic and cartesian registers of the quadrics correspond in the way we know it.



Palavras-chave


Superfícies Quádricas. Interpretação Global. Softwares no Ensino de Matemática.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTON, Howard. Cálculo: um novo horizonte. v. 2. 6. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2002. 552 p. Tradução: Cyro de Carvalho Patarra; Márcia Tamanaha.

BOULOS, Paulo; CAMARGO, Ivan de. Geometria Analítica: um Tratamento Vetorial. Makron Books, 2010.

CORRÊA, Madeline Odete Silva; MORETTI, Méricles Thadeu. Esboçando curvas de funções a partir de suas propriedades figurais: uma análise sob a perspectiva dos registros. In: BRANDT, Célia Finck; MORETTI, MériclesThadeu. (Orgs). As contribuições da Teoria dos Registros de Representações Semióticas para o Ensino e a Aprendizagemna Educação Matemática. Ijuí: Ed. Unijuí, 2014.

DUVAL. Registros de representações semióticos e funcionamento cognitivo da compreensão em matemática. P. 11- 33. In: Machado, Silvia D. A. (Orgs). Aprendizagem em matemática: registros de representação semiótica. Campinas: Papirus. 2003.

______. Semiósis e pensamento humano: registros semióticos e aprendizagens intelectuais (fascículo I). São Paulo: Livraria da Física, 2009. 120 p. (Coleção contextos da ciência). Tradução de: Lênio Fernandes Levy; Marisa Rosâni Abreu da Silveira.

______. Gráficos e equações: a articulação de dois registros. REVEMAT, Florianópolis, v.6, n.2, p.91-112, 2011a. Tradução Méricles Thadeu Moretti. Disponível em: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/revemat. Acesso em: 20 ago. 2013.

______.Ver e ensinar a matemática de outra forma: entrar no modo matemático de pensar: os registros de representações semióticas. São Paulo: PROEM, 2011b. 160 p. Tradução: Marlene Alves Dias.

LEHMANN, Charles H.. Geometria analítica. 8. ed. 1. imp. São Paulo: Globo, 2007. Tradução de: Ruy Pinto da Silva Sieczkowski.

LEITHOLD, Louis. O cálculo com geometria analítica. 3. ed. São Paulo: Harbra, 1994. Tradução de: Cyro de Carvalho Patarra. Revisão técnica de: Wilson Castro Ferreira Júnior e Sílvia Pregnolatto.

MORETTI, Méricles Thadeu. A translação como recurso no esboço de curvas por meio da interpretação global de propriedades figurais. In: Aprendizagem em Matemática: registros de representação semiótica. (Org.) Sílvia Dias Alcântara Machado. Campinas: Papirus, 2003.

MORETTI, Méricles Thadeu;THIEL, Afrânio Austregéliso. O ensino de matemática hemético: um olhar crítico a partir dos registros de representação semiótica. PRÁXIS EDUCATIVA, Ponta Grossa, Paraná, v.7, n.2, p.379-396, 2012.

SILVA, Sérgio Florentino da; MORETTI, Méricles Thadeu. Registros em língua natural das superfícies quádricas: análise semiótica e possibilidades de uso de novos registros. Educação Matemática Pesquisa. São Paulo, v.20, n.1, pp. 294-314, 2018.

WINTERLE, Paulo. Vetores e geometria analítica. São Paulo: Pearson Makron Books, 2000. 232 p.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2018v20i2p283-308

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM