A influência da forma de apresentação dos enunciados no desempenho de alunos surdos na resolução de problemas de estruturas aditivas
The influence of the form of presentation of utterances on the performance of deaf students in solving problems of additive structures

Clélia Maria Ignatius Nogueira, Beatriz Ignatius Nogueira

Resumo


Este artigo relata resultados de um Estudo de Caso em que nove alunos surdos e um ouvinte resolveram nove problemas de estruturas aditivas, divididos igualmente em três blocos, um para problemas de Composição, um para os de Transformação e um de Comparação, segundo o estabelecido pela Teoria dos Campos Conceituais de Gerard Vergnaud. Os problemas diferiam quanto à apresentação: o primeiro se restringia apenas ao enunciado escrito, o segundo recebia um diagrama e o terceiro uma ilustração. O objetivo principal da investigação foi identificar qual a preferência dos surdos no que se refere à forma de apresentação dos enunciados. Os resultados apontaram que o aspecto visual é determinante para a compreensão dos enunciados de problemas de Matemática pelos surdos e permitiram também identificar que os sujeitos tiveram desempenho similar ao de crianças ouvintes, considerando-se idade, nível de escolaridade e hierarquia de dificuldades dos problemas.


Palavras-chave


Ensino de Matemática para surdos. Problemas de Estruturas Aditivas. Teoria dos Campos Conceituais. Experiência visual.

Texto completo:

PDF

Referências


BORGES, F. A., NOGUEIRA, C.M.I.. Quatro aspectos necessários para se pensar o ensino de Matemática para surdos. Em Teia: Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana, Recife, v. 4, n.3, p.1-19, 2013.

FRIZZARINI, S.T., NOGUEIRA, C. M.I., BORGES, F.A. As desigualdades matemáticas no ensino para surdos: aspectos epistemológicos, semiótico e didático. In: NOGUEIRA, C.M.I. Surdez, Inclusão e Matemática. 1.ed. Curitiba: CRV, 2013, cap. 9, p.213-236.

MAGINA, S., CAMPOS, T. M. M., NUNES, T., GETIRANA, V. Repensando a Adição e a Subtração: contribuições da Teoria dos Campos Conceituais. 2 ed. São Paulo: PROEM, 2001. 126p.

PEREIRA, M. C. C. Prefácio. In: ALMEIDA, E. O. C. Leitura e Surdez: um estudo com adultos surdos não oralizados. 1.ed. Rio de Janeiro: REVINTER. 2000. 200p.

PONTE, J.P..Estudos de Caso em Educação Matemática. Bolema. Boletim de Educação Matemática, Rio Claro, n. 25, p.105-132, 1994.

SKLIAR, C. A surdez: um olhar sobre as diferenças. 1.ed. Porto Alegre: Mediação, 1998, 136p.

VERGNAUD, G. Teoria dos Campos Conceituais. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DO RIO DE JANEIRO,1, 1993. Anais... Rio de Janeiro, v.1, p.1-16.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2019v21i5p110-120

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA