Elementos do processo evolutivo do conceito das funções seno e cosseno: contribuições para uma razão de ser na construção de um PEP
Elements of the evolutionary process of the concept of sine and cosine functions: contributions to a reason to be in the construction of a PEP

Eliane Santana de Souza Oliveira, Luiz Marcio Santos Farias

Resumo


As funções seno e cosseno são consideradas como um dos conteúdos de difícil entendimento. Desse modo, fomos em busca na história, de elementos que nos permitissem compreender o processo evolutivo das funções seno e cosseno, e detectar possíveis incompletudes que possa ter influenciado o ensino e aprendizagem atual desses conceitos. Realizamos uma análise bibliográfica com o objetivo de construir nossa revisão histórica, e compreender fatores determinantes na evolução do conceito das funções seno e cosseno. E baseado nesses estudos, notamos - durante todo o processo evolutivo do campo da trigonometria - a existência de técnicas que venha evoluir com o passar dos tempos, mostrando uma ligação forte com a astronomia, bem como a existência da razão de ser social, em especial, no período da pré-história e Idade Antiga, pois a partir da Idade Média até a Idade Moderna começaram a prevalecer com maior ênfase as razões matemáticas. Esse fato pode ter influenciado na perda da razão ser social no ensino das funções seno e cosseno. Destarte, a partir dos resultados da análise, ressaltamos a importância em desenvolver um PEP que pode se apoiar em Questões Sócio-científicas-QSC, com intuito de resgatar o ensino das funções seno e cosseno com a razão de ser social integrando não apenas o conhecimento científico, mas conhecimentos éticos e sociais.

Palavras-chave


Funções seno e cosseno. Razão de ser. Didática da Matemática. Percurso de estudo e pesquisa.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMOULOUD, S. Ag. Fundamentos da didática da matemática. Curitiba: Ed. UFPR, 2007.

BORGES, C. O.; BORGES, A. P. A.; SANTOS, D. G.; MARCIANO, E. P.; BRITO, L.

C. C.; CARNEIRO, G. M. C.; NUNES, S. M. T. Vantagens da utilização do ensino

CTSA aplicado à atividades extraclasse. XV Encontro nacional de ensino de química

(XV ENEQ). Brasília, Distrito Federal, 21 a 24 de julho de 2010.

BOYER, C. B. História da Matemática: tradução: Elza Furtado Gomide. São Paulo: Edgar Blücher, 1974.

CHEVALLARD, Y. La place des mathématiques vivantes dans l’éducation secondaire : transposition didactique des mathématiques et nouvelle épistémologie scolaire. APMEP, Paris, p ; 239-263, 2004. Disponível em: http://yves.chevallard.free.fr/spip/spip/IMG/pdf/La_place_des_mathematiques_vivantes_au_secondaire.pdf

CHEVALLARD, Yves; BOSCH, Marianna; GASCÓN, Josep. Estudar Matemáticas – O elo perdido entre o ensino e a aprendizagem. Editora Artmed, 2001

COLONEZE, B.R.S. Módulo de aprendizagem e treinamento de funções trigonométricas: fazendo o usoda tecnologia para a efetiva aprendizagem de funções trigonométricas. Com aplicação em eletrônica. Rio de Janeiro-CEFET/RJ, 2012, 142 f.. Dissertação (Mestrado) – Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, Rio de Janeiro, 2012.

COSTA, N.M.L., Funções seno e cosseno: uma sequência de ensino a partir dos contextos do “mundo experimental” e do computador. 250f. Dissertação (Mestrado em ensino da matemática) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1997.

KENNEDY, E. S. História da trigonometria. São Paulo: Atual, 1992. (Coleção Tópicos de História da Matemática para sala de aula; v. 5).

FARRAS, B. B.; BOSCH, M.; GASCÓN, J. Las tres dimensiones del problema didáctico de la modelización matemática. Educação matemática e pesquisa, São Paulo, v. 15, n. 151, p. 1-28, 2013.

FONSECA, L. S. da. Aprendizagem em trigonometria: obstáculos, sentidos e mobilizações. São Cristovão. Editora UFS, 2010.

FONSECA, L. S. da. Um estudo sobre o Ensino de Funções Trigonométricas no Ensino Médio e no Ensino Superior no Brasil e França. 2015, 1v. 495p. Tese de Doutorado. Universidade Anhanguera de São Paulo, São Paulo (SP).

LUCAS, C. Organizaciones Matemáticas Locales Relativamente Completas. 2010. 256 p. Tesina (Diploma de Estudios Avanzados: Programa Doctoral de Técnicas Matemáticas Avanzadas y sus Aplicaciones) – Departamento de Matemática Aplicada I, Universidad de Vigo, Vigo, 2010.

OECD. PISA 2015. Prograamme for International Student Assessement (PISA) Results From PISA 2015. Publishing, 2016. Disponível em: https://www.oecd.org/pisa/PISA-2015-Brazil.pdf

PEDRETTI, E. e NAZIR, J. Currents in STSE education: mapping a complex field, 40 years on. Science Education. 2011; 95(4): 601-626.

PEDROSO, Leonor Wierzynski. Uma Proposta de Ensino da Trigonometria com Uso do Software GeoGebra . Porto Alegre: UFRGS, 2012. 271 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Matemática) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Matemática, Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

ZEIDLER, Dana; NICHOLS, Bryan. Socioscientific issues: theory and practice. Journal of Elementary Science Education, v. 21, n. 2, p.49-58, 2009.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2019v21i5p529-543

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA