INSERÇÃO INICIAL DO FUTURO PROFESSOR NA PROFISSÃO DOCENTE: CONTRIBUIÇÕES DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO NA CONDIÇÃO DE CONTEXTO DE APRENDIZAGEM SITUADA

Raquel Gomes de Oliveira, Vinício de Macedo Santos

Resumo


Neste artigo é feita uma discussão sobre a natureza da formação do futuro professor de Matemática em que se procura ressignificar a própria noção de formação considerando-se modelos de formação instituídos e o papel dos diferentes sujeitos, objetos, saberes, espaços físicos e temporais envolvidos nesse processo. A discussão volta-se especificamente para as possibilidades formativas que o estágio curricular supervisionado oferece tomando-se como pressupostos princípios da cognição situada. Tal discussão apóia-se em estudo bibliográfico e elementos oferecidos por pesquisa que tomou o Estágio como experiência e como contexto privilegiado de aprendizagem para o futuro professor. Dessa perspectiva no processo de inserção na atividade docente vivenciado pelos futuros professores vigora o princípio da indissociabilidade entre saber e fazer, entre ação e reflexão e a ideia de que a aprendizagem que essa formação docente requer não é independente das situações e contextos nas quais os conhecimentos são produzidos e utilizados.

Abstract
In this paper is made a discussion about the nature of the education of future mathematics’ teachers that seeks to reframe the notion of teacher education considering teacher’s education models that already exist, and the role of different subjects, objects, knowledge, physical space and temporal space involved in this process. The discussion focuses specifically on the formative possibilities that provide the student teaching that takes principles of situated cognition. This discussion is based on literature research and evidence provided by research that took the student teaching as experiment and as privileged context for learning for future teachers. From this perspective in the process of integration in the teaching activity experienced by prospective teachers prevails the principle of inseparability between knowing and doing, between action and reflection and the idea that learning requires that teacher education is not independent of situations and contexts in which knowledge is produced and used.

Key words: Mathematics teacher education, student teaching, situated cognition, teacher learning, teacher’s knowledge

Palavras-chave


Formação de professores de Matemática, Estágio Curricular Supervisionado, aprendizagem situada, aprendizagem docente, saberes docentes

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA