Estudo das interações na percepção de segmentos fonéticos da língua inglesa

Marden Oliveira Silva, Vicente Aguimar Parreiras, Adriana Silvia Marusso

Resumo


Este estudo buscou verificar os efeitos de tipos diferenciados de interação (aluno/texto, aluno/professor, aluno/aluno e aluno/vídeo) na percepção dos contrastes vocálicos do inglês [æ, ɛ] e [i, ɪ] por alunos brasileiros aprendizes de inglês. Tais tipos foram adaptados dos pressupostos de Ellis (1999) a respeito das interações interpessoal, intrapessoal e sujeito/objeto de aprendizagem. Para isso, propusemos a aplicação de pré e pós-testes relacionados aos contrastes vocálicos mencionados. A interação aluno/vídeo demonstrou efeitos imediatos mais representativos nos pós-testes. Resultados a respeito do papel do professor e da relevância da integração das novas tecnologias ao ensino e à aprendizagem de pronúncia foram também discutidos.


Palavras-chave


: input; interação; pronúncia; novas tecnologias.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexicadores

Apoio

A Revista The Especialist e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Lincença Creative Commons: Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)