Conclusões como um Componente dos Artigos Acadêmicos Escritos em Português como Língua Nativa, em Inglês como Língua Nativa e em Inglês como língua Estrangeira: Um estudo Contrastivo de Gênero

Maria Ester W. Moritz, J. L. Meurer, Adriana Kuerten Dellagnelo

Resumo


O presente estudo é uma investigação contrastiva de conclusões de artigos acadêmicos (AAs) escritos em português como língua nativa, em inglês como língua nativa e em inglês como língua estrangeira. A análise foi realizada a partir dos princípios dos estudos de gênero propostos por Swales (1990). O corpus foi composto por 36 conclusões de AAs na área de lingüística aplicada. Os resultados não revelaram um padrão constante de organização e de ocorrência de movimentos e passos. Entretanto, foi possível detectar a ocorrência de uma variedade complexa de passos e movimentos, com uma estrutura cíclica sem apresentar diferenças nas três línguas investigadas. Além disso, a investigação permitiu a elaboração de uma proposta de modelo para essa seção de AAs. O estudo contribui então, para um melhor entendimento acerca da natureza das conclusões de AAs, e conseqüentemente, da redação acadêmica.

Palavras-chave


gênero; conclusões de AAs; organização retórica; contrastivo

Texto completo:

PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM