A Modalização como Persuasão no Discurso das Introduções de Dissertações de Mestrado

Elaine Cristine Fernandes da Silva

Resumo


Este artigo enfoca alguns aspectos básicos da Gramática Sistêmico-Funcional descrita por Halliday (1985 e 1994) e seus seguidores; pretendemos analisar a modalização na construção de estratégias discursivas em introduções de dissertações de Mestrado. O corpus é formado por 10 introduções de dissertações de Mestrado, com ênfase nos trechos de justificativa de pesquisa, que são corroborados pela ocorrência constante de JUSTIFICATIVA DE NECESSIDADE e OBJETIVOS DE PESQUISA. Adotamos a metodologia denominada estudo de caso; assim, analisamos uma comunidade discursiva específica e, para isso, contamos com o uso do software Wordsmith Tools (Scott, 1996), utensílio que possibilitou a investigação pormenorizada dos itens lexicais provenientes desses textos. Os resultados mostraram que, no Programa de Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem (LAEL) da PUC-SP, a modalização aparece com frequência nos trechos denominados JUSTIFICATIVA DE NECESSIDADE e OBJETIVOS DE PESQUISA.

Palavras-chave


linguagem; modalização; interação, persuasão

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexicadores

Apoio

A Revista The Especialist e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Lincença Creative Commons: Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)