Crenças e atitudes que marcam o desenvolvimento de autonomia no aprendizado de língua estrangeira

Christine Nicolaides, Vera Fernandes

Resumo


Dificilmente encontraríamos hoje um professor que não reconhecesse a importância da autonomia na educação. Contudo, quando tentamos colocar o aprendizado autônomo em prática, logo percebemos o quão complexo é esse processo. Essa complexidade se dá, principalmente, pelo fato de o contexto educacional estar imbuído de crenças e atitudes que resistem a inovações. Não é diferente quando se trata de desenvolver o aprendizado autônomo na aprendizagem de Língua Estrangeira (LE). Esse trabalho, portanto, mostra algumas dessas crenças e atitudes de aprendizes que resistem à autonomia e como nos posicionamos frente a elas.

Palavras-chave


crenças; atitudes; autonomia do aprendiz

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexicadores

Apoio

A Revista The Especialist e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Lincença Creative Commons: Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)