La Ciencia en Pugna: análisis retórico de la crítica en el discurso médico escrito en español (1930-1999)

María Ángeles Alcaraz Ariza, Françoise Salager-Meyer

Resumo


Esta pesquisa analisa a evolução quantitativa e qualitativa de comentários críticos em 76 artigos médicos escritos em espanhol e publicados entre 1930 e 1999 e relata as variações, levando em conta o contexto histórico – social de sua produção. Os resultados revelam que os escritos médicos em espanhol foram sempre bastante agressivos e diretos, pelo menos até o período “ limiar” dos anos 90, o qual marcou, não só um incremento na freqüência de comentários críticos, como também uma mudança retórica em sentido à moderação lingüística. Conclue-se que a evolução dos traços retóricos do criticismo na prosa médica espanhola, reflete o discurso médico francês. No entanto, o modo modalizado anglo-americano de discordar de um dos pares está, progressivamente, influenciando a expressão da crítica acadêmica espanhola de hoje.

Palavras-chave


conflito acadêmico; espanhol médico; diacrônico; sócio-construtivismo

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexicadores

Apoio

A Revista The Especialist e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Lincença Creative Commons: Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)