Discurso Relatado como Estratégia Organizadora da Notícia

Vera Lúcia de Albuquerque Sant'Anna

Resumo


Este artigo apresenta um recorte do estudo efetuado em nossa tese de doutoramento, cuja proposta centrava-se na observação do processo de constituição discursiva do mundo do trabalho em notícias dos jornais Clarín e Folha de S. Paulo, que tinham como marco o Mercosul. Escolhemos para este artigo a exposição dos critérios que nortearam o estudo do discurso relatado (DR) como organizador principal da notícia, enquanto gênero discursivo cuja base enunciativa é a tensão informar/opinar. A opção pelo estudo do DR deve-se ao interesse de pesquisa em verificar a distância entre esses dois atos, já que informar vem sendo responsabilizado pela idéia de objetividade que sustenta a caracterização do texto noticioso. Foi possível constatar que, na constituição de um continuum de ocorrências, sobressai a noção de discurso narrativizado como uma das estratégias básicas para a instituição da idéia de objetividade da informação, que nasce da perspectiva enunciativa do enunciador-jornalista.

Palavras-chave


gênero de discurso; notícia; heterogeneidade enunciativa; discurso relatado

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM